PT
BR
Pesquisar
Definições



mona

A forma monapode ser [feminino singular de monomono] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
monamona
|ô| |ô|
( mo·na

mo·na

)
Imagem

InformalInformal

Boneca de trapos.


nome feminino

1. Fêmea do mono.

2. [Informal] [Informal] Estado de pessoa embriagada. = BEBEDEIRA, EMBRIAGUEZ

3. [Informal] [Informal] Cabeça.

4. [Informal] [Informal] Boneca de trapos.Imagem = MATRAFONA

5. [Informal] [Informal] Amuo.

6. [Informal] [Informal] Cabra a que falta um ou os dois chifres.

7. [Brasil: Rio de Janeiro, Informal] [Brasil: Rio de Janeiro, Informal] Pessoa do sexo feminino.

8. [Brasil: Regionalismo] [Brasil: Regionalismo] Homem homossexual.

9. [Tauromaquia] [Tauromaquia] Armadura de ferro ou reforço que o picador de touros usa debaixo do calção, geralmente na perna direita.

etimologiaOrigem etimológica:alteração de mono.
monomono
|ô| |ô|
( mo·no

mo·no

)


nome masculino

1. [Zoologia] [Zoologia] Designação comum às espécies de primatas. = BUGIO, MACACO

2. [Zoologia] [Zoologia] Macaco (Brachyteles arachnoides) da família dos cebídeos, de pelagem amarelada, encontrado no Brasil. = BURIQUI

3. [Depreciativo] [Depreciativo] Indivíduo feio, macambúzio, estúpido ou bisonho.

4. Mercadoria sem venda no comércio.

5. Coisa ou edifício demasiado grande, disforme ou mal executado.

6. [Portugal] [Portugal] Objecto doméstico (colchão, electrodoméstico, móvel, etc.), geralmente pesado ou de grandes dimensões, cuja remoção da via pública implica meios diferentes dos da habitual recolha de lixo. = MONSTRO

7. Boneco de trapos.

8. [Informal] [Informal] Burla, fraude, calote.


adjectivoadjetivo

9. Relativo a macaco.

10. Sensaborão, macambúzio; pouco falador.

vistoPlural: monos |ô|.
etimologiaOrigem etimológica:origem duvidosa.
iconPlural: monos |ô|.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:monaria.

Auxiliares de tradução

Traduzir "mona" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



USO CAPEÃO: é uma figura que se utiliza em direito, em que a pessoa solicita a propriedade de um terreno ou objecto que está na sua posse há bastante tempo mas não tem documento que prove essa posse. A palavra capeão ( ou capião ??) tem o sentido de posse.
À figura jurídica a que se refere dá-se o nome de usucapião (derivado do latim usucapionem), como poderá verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.



A palavra seje existe? Tenho um colega que diz que esta palavra pode ser usada na nossa língua.
Eu disse para ele que esta palavra não existe. Estou certo ou errado?
A palavra seje não existe. Ela é erradamente utilizada em vez de seja, a forma correcta do conjuntivo (subjuntivo, no Brasil) do verbo ser. Frases como “Seje bem-vindo!”, “Seje feita a sua vontade.” ou “Por favor, seje sincero.” são cada vez mais frequentes, apesar de erradas (o correcto é: “Seja bem-vindo!”, “Seja feita a sua vontade.” e “Por favor, seja sincero.”). A ocorrência regular de seje pode dever-se a influências de falares mais regionais ou populares, ou até mesmo a alguma desatenção por parte do falante, mas não deixa de ser um erro.