PT
BR
Pesquisar
Definições



mangueira

A forma mangueiraé[nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
mangueira1mangueira1
( man·guei·ra

man·guei·ra

)
Imagem

BotânicaBotânica

Árvore grande (Mangifera indica), da família das anacardiáceas, de tronco liso, copa grande e frondosa, folhas perenes oblongas, flores pequenas dispostas em cachos, de origem asiática e muito cultivada em climas tropicais pelo seu fruto, a manga.


nome feminino

[Botânica] [Botânica] Árvore grande (Mangifera indica), da família das anacardiáceas, de tronco liso, copa grande e frondosa, folhas perenes oblongas, flores pequenas dispostas em cachos, de origem asiática e muito cultivada em climas tropicais pelo seu fruto, a manga.Imagem

etimologiaOrigem etimológica:manga, fruto + -eira.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:mangal, mangueiral.
mangueira2mangueira2
( man·guei·ra

man·guei·ra

)
Imagem

Tubo feito de um material flexível que se adapta a uma torneira, para a condução de líquidos ou gás.


nome feminino

Tubo feito de um material flexível que se adapta a uma torneira, para a condução de líquidos ou gás.Imagem

etimologiaOrigem etimológica:manga, tubo + -eira.
mangueira3mangueira3
( man·guei·ra

man·guei·ra

)


nome feminino

[Brasil] [Brasil] Curral grande.

etimologiaOrigem etimológica:espanhol manguera.
mangueira4mangueira4
|güei| |güei|
( man·guei·ra

man·guei·ra

)


nome feminino

1. [Portugal: Trás-os-Montes] [Portugal: Trás-os-Montes] Instrumento para malhar cereais, composto de dois paus ligados por uma correia. = MANGUAL

2. [Portugal: Trás-os-Montes] [Portugal: Trás-os-Montes] Pau comprido e delgado do mangual. = MANGO

etimologiaOrigem etimológica:mangu[al] + -eira.

Auxiliares de tradução

Traduzir "mangueira" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber se o verbo vir na frase eu não quero que eles "vão" à festa, está correto e se não qual é a forma correta.
Na frase Eu não quero que eles vão à festa está presente o verbo ir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de cá para lá, ou de um local próximo para um local mais afastado.
Se quiser utilizar o verbo vir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de lá para cá, ou de um local afastado para um local mais próximo de quem fala, deverá utilizar a forma venham.
Em ambos os casos, a frase estará correcta, pois trata-se de formas verbais no presente do conjuntivo (ou presente do subjuntivo, no português do Brasil), por fazer parte de uma oração subordinada completiva ou integrante, que é complemento directo do verbo querer. As duas frases apenas diferem no sentido dado por ser o verbo ir ou o verbo vir.




Das seguintes frases, qual delas não corresponde a um provérbio: Janeiro quente traz fartura a toda a gente; Janeiro quente traz o diabo no ventre; Janeiro greleiro não enche o celeiro; Janeiro frio e molhado enche a tulha e farta o gado?
O provérbio Janeiro quente traz fartura a toda a gente não se encontra registado em nenhuma das obras por nós consultadas, ao contrário dos outros três que podem ser encontrados, por exemplo, no dicionário de provérbios da enciclopédia electrónica Diciopédia 2003 (2002, Porto Editora). Para além disso, o seu sentido parece ir contra o sentido dos outros três provérbios que refere, pois todos eles propugnam a ideia de que no mês de Janeiro a chuva e o frio são mais benéficos do que o tempo quente e seco.