Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

maçacá

maçacámaçacá | adj.
Será que queria dizer macaca?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

maçacá maçacá


adjectivo
adjetivo

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Botão ampliado da Macaca

Em Artes para Botão

, jogam à macaca , ao catrapónei-vai-o-pónei ..

Em daniel abrunheiro

Área recreativa Jogo da Macaca Jogo do lenço Jogo dos Arcos Karaoke Teatro Expressão Plástica Caça ao tesouro Dança...

Em Ateliers de Férias de Verão 2010

terá a sua dose de sorte macaca ..

Em Don Vivo

...Margarida Fragueiro, Miguel Flor, Nadia Belerique, Pedro Maia & Lucy Railton, Sofia Caetano, Tropa Macaca e outras participações / and other participations..

Em Burra de Milho
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




Os pronomes pessoais átonos podem ocorrer em início de frase?
Como se pode ler na resposta posição dos clíticos, a colocação dos pronomes átonos apresenta alguns aspectos divergentes entre a norma europeia e a norma brasileira do português. Assim, em Portugal, o pronome átono é colocado geralmente em posição enclítica, após o verbo (ex.: ele ofereceu-me um livro), enquanto no Brasil a posição proclítica, antes do verbo, é mais comum (ex.: ele me ofereceu um livro). Se omitirmos os sujeitos dos exemplos mencionados obtemos, no português do Brasil, uma frase que tem aceitação generalizada na linguagem coloquial (Me ofereceu um livro), resultado da tendência acentuada do uso da próclise, não sendo no entanto aceite pela norma culta, sobretudo na escrita, onde imperam regras fixas menos permissivas.
pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/ma%C3%A7ac%C3%A1 [consultado em 21-10-2021]