Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

interstício

interstíciointerstício | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

in·ters·tí·ci·o in·ters·tí·ci·o


(latim interstitium, -i, intervalo de espaço ou de tempo)
nome masculino

1. Intervalo que separa moléculas de um corpo ou órgãos contíguos mas não unidos (ex.: interstício interlobular).

2. Intervalo que separa coisas contíguas ou partes de um todo (ex.: história construída nos interstícios da acção).

3. Abertura estreita e longa (ex.: o luar entrava pelos interstícios das tábuas). = FENDA, FISGA, FRINCHA, GRETA

4. [Anatomia]   [Anatomia]  Estrutura presente nos tecidos conjuntivos, composta por espaços abertos sustentados por feixes de colagénio e preenchidos por fluido extracelular em circulação para os gânglios linfáticos.

5. [Eclesiástico]   [Eclesiástico]  Tempo obrigatório que deve mediar entre a recepção de uma ordem eclesiástica e outra imediatamente superior.

6. [Brasil]   [Brasil]   [Jurídico, Jurisprudência]   [Jurídico, Jurisprudência]  Tempo mínimo que um funcionário deve permanecer num posto ou categoria profissional antes de poder ser promovido.

7. [Brasil]   [Brasil]  Intervalo entre duas discussões de um projecto parlamentar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "interstício" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Amanhã haverá vozes de sombras que nos pintarão de perguntas – o interstício de

Em Deriva das Palavras

“Assim, findo o interstício previsto na lei, nada mais justo que promover, desde logo, a recomposição da moeda...

Em www.blogdocolares.com

seleção interna pelos critérios de mérito intelectual (50%) e antiguidade (50%) Altera o interstício mínimo para 8 anos de efetivo serviço na graduação de Soldado (antiguidade);;

Em Caderno B

...deflagra uma inflamação intensa nos alvéolos, estruturas que realizam as trocas gasosas, e no interstício , uma espécie de rede

Em www.rafaelnemitz.com

...deflagra uma inflamação intensa nos alvéolos, estruturas que realizam as trocas gasosas, e no interstício , uma espécie de rede

Em www.rafaelnemitz.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é o diminutivo da palavra foto? Esse diminutivo é masculino ou feminino?
A adjunção de sufixos diminutivos não altera as propriedades morfossintácticas do derivante, que são herdadas pelo derivado. Assim, por exemplo, os sufixos -inho e -zinho alteram apenas a informação semântica (o juízo de valor que se faz sobre a forma de base a que se juntam), mantendo a mesma categoria sintáctica e o mesmo género do derivante: quando se associam a um adjectivo geram um adjectivo (moderno/a - moderninho/a - modernozinho/a), quando se associam a um nome geram um nome (papel - papelinho - papelzinho) e quando se associam a um advérbio geram um advérbio (devagar - devagarinho - devagarzinho).

Tradicionalmente, os sufixos -inho e -zinho são considerados o mesmo, sendo a consoante -z- encarada como um elemento de ligação, pelo que a forma -zinho é tida como uma variante de -inho. No entanto, o seu emprego é distinto, já que se associam a diferentes formas de base, o que faz deles mais do que meras variantes. O sufixo -inho associa-se a radicais, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um livro - um livrinho; uma caneta - uma canetinha; um pijama - um pijaminha; uma tribo - uma tribinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um sabonete - um sabonetinho; uma semente - uma sementinha; um anel - um anelinho; uma espiral - uma espiralinha). O sufixo -zinho associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma caneta - uma canetazinha; um pijama - um pijamazinho; uma tribo - uma tribozinha; um sabonete - um sabonetezinho; uma semente - uma sementezinha; um anel - um anelzinho; uma espiral - uma espiralzinha). O mesmo é válido para os sufixos -ito e -zito.

Posto isto, o substantivo feminino foto (redução de fotografia) pode apresentar vários diminutivos, consoante os sufixos usados, sendo todos femininos: uma foto - uma fotinho, uma fotozinha, uma fotito, uma fotozita. Não há muitos substantivos femininos terminados em -o (para além de foto e tribo, a lista inclui expo (redução de exposição), imago, libido, moto, virago e pouco mais) e o seu uso no grau diminutivo não é dos mais frequentes, o que justifica as hesitações e, por vezes, as incorrecções de alguns falantes.




Na frase seguinte, como se escreve: previligia/priviligia/priveligia? "Com uma política comercial que priviligia o bom atendimento"?
A grafia correcta não é nenhuma das apontadas, mas sim privilegia, 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo do verbo privilegiar, que deriva do substantivo privilégio.

Poderá esclarecer esta e outras dúvidas ortográficas utilizando o corrector ortográfico do FLiP On-Line.

pub

Palavra do dia

per·ca·li·na per·ca·li·na


(francês percaline)
nome feminino

Tecido de algodão, leve e lustroso, empregado sobretudo em forros e em encadernações de livros.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/interst%C3%ADcio [consultado em 20-01-2022]