Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

gruir

gruirgruir | v. intr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

gru·ir |u-í|gru·ir |u-í|

- ConjugarConjugar

(latim gru, -uis, grou + -ir)
verbo intransitivo

1. Soltar (o grou) o seu grito; grasnar.

2. Correr, fazendo algazarra.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

, grugrulha, grugrureja, gruguleja, grugulha, grugureja, gruir , grulhada, grulha, guincha, modilha, modula, murmurinha, palra, papear, pia, pio, pipiar, pipila, pissita,...

Em ESCAVAR EM RUÍNAS

, grugruleja, grugrulha, grugrureja, gruguleja, grugulha, grugureja, gruir , grulhada, grulha, guincha, modilha, modula, murmurinha, palra, papear, pia, pio, pipiar, pipila, pissita,...

Em VILA FLOR em Flor

...Grilo - chirriar, crilar, estridular, estrilar, guizalhar, trilar, tritrilar, tritrinar Grou - grasnar, grugrulhar, gruir , grulhar Guará (ave pernalta) - gazear, grasnar Guará - uivar Hiena - gargalhar,...

Em ludico.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.

pub

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/gruir [consultado em 28-10-2021]