PT
BR
Pesquisar
Definições



gostara

Será que queria dizer GOSTARÁ?

A forma gostarapode ser [primeira pessoa singular do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de gostargostar] ou [terceira pessoa singular do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de gostargostar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
gostargostar
( gos·tar

gos·tar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Achar bom gosto a (ex.: não gosto de cerveja). = APRECIAR

2. Ter prazer em ver ou em sentir (ex.: gostou do filme?).

3. Achar-se ou dar-se bem.

4. Ter inclinação.

5. Ter por hábito. = USAR

6. Simpatizar.

7. Provar.

8. Ter satisfação em.


verbo transitivo e pronominal

9. Ter afeição. = ESTIMAR

sinonimo ou antonimoAntónimoAntônimo geral: DETESTAR, EXECRAR, ODIAR

etimologiaOrigem etimológica:latim gusto, -are, provar.
Confrontar: gustar.
Ver também resposta à dúvida: regência dos verbos gostar e querer.

Auxiliares de tradução

Traduzir "gostara" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Minha dúvida é: Por que passei a vida estudando que o correto é falar para eu fazer, para eu comer, e etc., se a frase É fácil para mim estudar não está errada? Podem explicar essa última frase.
De facto, nos contextos exemplificados com duas orações na resposta para eu/para mim (ex.: isto é para eu fazer), deverá ser usado o pronome sujeito, pois na oração para eu fazer, o pronome desempenha essa função de sujeito. No caso do exemplo É fácil para mim estudar, o contexto é semelhante àquele referido na resposta pronomes pessoais rectos e oblíquos, em que o pronome não desempenha a função de sujeito, pois esta frase pode ser decomposta em Estudar [sujeito] é fácil [predicado] para mim [adjunto adverbial de interesse].



A palavra pròpriamente continua a ser acentuada com acento grave? E visìvelmente?
Em 1973 foram eliminados da ortografia oficial portuguesa os acentos graves e circunflexos nas palavras derivadas com o sufixo -mente (ex.: praticamente, serodiamente, visivelmente) ou com os sufixos iniciados por z (ex.: pezinho, sozinho). Seguindo a hiperligação para o Acordo Ortográfico em vigor para a língua portuguesa de norma europeia, poderá consultar o Decreto-Lei n.º 32/73 na parte final do documento, após o texto do acordo de 1945.