PT
BR
Pesquisar
Definições



franqueado

A forma franqueadopode ser [masculino singular particípio passado de franquearfranquear], [adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
franqueadofranqueado
( fran·que·a·do

fran·que·a·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que se franqueou.

2. Que não apresenta obstáculos ou impedimentos. = ABERTO, DESIMPEDIDO, FRANCO, LIVRE


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

3. [Comércio] [Comércio] Que ou quem tem a exploração de um produto, uma marca comercial ou um serviço, feita através de um contrato com quem detém os direitos comerciais ou industriais, geralmente num sistema de negócio fixo e com pagamento de direitos (ex.: empresa franqueada; o franqueado teve de fazer um investimento considerável).

etimologiaOrigem etimológica:particípio de franquear.
franquearfranquear
( fran·que·ar

fran·que·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Tornar franco, desimpedir.

2. Facilitar a passagem por.

3. Facilitar a entrada em.

4. Isentar de ónus ou tributos.

5. Descobrir, patentear, pôr à disposição de.

6. Fazer cessar o monopólio de.

7. Passar além de. = GALGAR, ULTRAPASSAR

8. [Comércio] [Comércio] Explorar um produto, uma marca comercial ou um serviço através de um contrato entre quem detém os direitos comerciais ou industriais e quem irá explorar esse produto, marca ou serviço.


verbo intransitivo

9. Fazer franquezas, liberalidades.

10. Gastar muito (com outrem).


verbo pronominal

11. Prestar-se, oferecer-se.

12. Abrir-se, expandir-se.

etimologiaOrigem etimológica:franco + -ear.
Confrontar: franquiar.


Dúvidas linguísticas



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




Ao utilizar um parafuso sobre uma rosca, de maneira indevida ou forçada, ocorre um desgaste ou mesmo uma inutilização desta rosca. Sempre utilizei e ouvi o termo "espanar" a rosca. O termo está incorreto?
O verbo espanar, que deriva do italiano spanare e é homónimo do verbo espanar derivado de pano, encontra-se registado no Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa com o sentido “desgastar (uma rosca) até ao ponto da sua inutilização”, sendo, de acordo com o mesmo dicionário, uma palavra de curso mais generalizado no Brasil.