PT
BR
Pesquisar
Definições



fabrico

A forma fabricopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de fabricarfabricar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
fabricofabrico
( fa·bri·co

fa·bri·co

)


nome masculino

1. Acto ou arte de fabricar.

2. Produto de uma fábrica.

3. [Agricultura] [Agricultura] Cultura ou amanho de terras.

4. [Náutica] [Náutica] Conserto que a um navio se faz num porto qualquer.

5. [Brasil] [Brasil] Período seco durante o qual se corta e prepara a borracha.

6. [Brasil] [Brasil] Pequena fábrica. = FABRIQUETA


fabrico por laser

[Física] [Física]  Processo de formação de peças mecânicas por bombardeamento com fotões.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de fabricar.
fabricarfabricar
( fa·bri·car

fa·bri·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Preparar, fazer (em fábrica).

2. Construir.

3. Edificar.

4. Armar.

5. Cultivar, amanhar.

6. [Figurado] [Figurado] Inventar, forjar.

7. Tramar, urdir.

8. Ser causa de.

9. Conseguir, obter com indústria própria.


verbo intransitivo

10. Ser fabricante.

11. Ter fábrica.

12. Manter uma fábrica.

etimologiaOrigem etimológica:latim fabrico, -are.

Auxiliares de tradução

Traduzir "fabrico" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




Pretendo saber o significado de res extensa e ego cogitans.
Res extensa e ego cogitans (ou res cogitans) são expressões utilizadas pelo filósofo francês Descartes (1596-1650) para designar, respectivamente, a matéria ou o corpo (“coisa extensa”) e o espírito ou a mente (“eu pensante” ou “coisa pensante”).