PT
BR
Pesquisar
Definições



fábula

Será que queria dizer fabula?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
fábulafábula
( fá·bu·la

fá·bu·la

)


nome feminino

1. [Literatura] [Literatura] Composição literária, geralmente com personagens de animais, em que se narra um facto cuja verdade moral se oculta sob o véu da ficção (ex.: fábula em verso).

2. [Literatura] [Literatura] Narrativa mitológica. = MITOLOGIA

3. Narração de um facto ou conjunto de factos inventados ou imaginados. = FALSIDADE, FICÇÃO, INVENÇÃO, MENTIRA

4. Assunto principal, com todo o seu desenvolvimento, de um romance, drama, poema ou de outra obra de ficção. = ENREDO, ENTRECHO, INTRIGA, TRAMA

etimologiaOrigem etimológica:latim fabula, -ae, conversa, lenda, conto, fábula.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:fabulário, fabulística.

Auxiliares de tradução

Traduzir "fábula" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual denominação para a "operação" de passar Francisco a Chico, Helena a Lena, Alice a Lili, etc.
As palavras Chico, Lena ou Lili são hipocorísticos (isto é, nomes próprios usados para designar alguém de maneira informal ou carinhosa) em relação a Francisco, Helena e Alice, respectivamente. Estes três hipocorísticos mostram, contudo, fenómenos diferentes de formação de palavras: em Francisco > Chico há uma redução por aférese acompanhada de alteração expressiva da forma reduzida; em Helena > Lena há uma simples redução por aférese; em Alice > Lili há uma redução com aférese e apócope e com o redobro de uma sílaba. A estes mecanismos pode ainda juntar-se o frequente uso de sufixos aumentativos ou diminutivos (ex. Chicão, Leninha).



Gostaria de saber porque é que que o verbo miar, e outros que indicam o modo de comunicação de animais irracionais, só se conjuga na 3ª pessoa. E assim sendo, a frase "Quando tu mias assim fico contente" teria um erro ortográfico? Não se pode falar em discurso directo com um animal? Não se pode reproduzir um diálogo (miado) entre gatos, escrevendo "Tu mias muito bem, mas não me alegras".
Os verbos referentes às vozes dos animais são geralmente considerados unipessoais pelas gramáticas tradicionais, isto é, são apresentados como tendo flexões apenas na 3.ª pessoa, quer do singular quer do plural (mia, miam, miava, miavam, etc.). No entanto, existem obras, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa, Círculo de Leitores, 2002) ou o Dicionário dos Verbos Portugueses (Porto, Porto Editora, s. d.), que apresentam verbos como miar conjugados em todas as pessoas e tempos, uma vez que podem, em sentido figurado ou em contextos específicos, ser utilizados segundo o paradigma dos verbos regulares.