Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

empata-foda

empata-fodaempata-foda | n. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

em·pa·ta·-fo·da |ó|em·pa·ta·-fo·da |ó|


(forma do verbo empatar + foda)
nome de dois géneros

[Calão, Depreciativo]   [Tabuísmo, Depreciativo]  Aquele que atrapalha, que embaraça o regular andamento de alguma coisa. = EMPATA, EMPATA-AMIGOS, EMPATA-FODAS

Plural: empata-fodas.Plural: empata-fodas.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

, empata -se. Um pontinho aqui, outro ali e no fim do campeonato esse pontinho vai fazer muita diferença. Mas ele apostava sempre tudo para ganhar. Infelizmente, perdemos mais vezes do que ganhamos. Tinha assinado por quanto tempo pelo Varzim? Acho que por três anos. Mas na época seguinte vai para o Estrela

Em O INDEFECTÍVEL

a refazer do golo sofrido e já o Benfica empata o jogo. Canto teleguiado de Rui Costa e João Pinto antecipa-se à defesa alemã, cabeceando com oportunismo e fazendo o 2-2 ainda com meia hora de jogo pela frente. Com este resultado, o Benfica está na frente da eliminatória pela regra dos golos fora, o

Em O INDEFECTÍVEL

PURO SARCASMO e ela não está a agradecer por coisa nenhuma. Nesse caso, NÂO diga “de nada”. Isso apenas provocará o “Esquece”). “ Esquece ” É uma mulher a dizer “ FODA -SE!!” “ Deixa lá, EU resolvo ” Outra expressão perigosa, significando que uma mulher disse várias vezes para um homem fazer algo, mas

Em Fonte do Lavra

, uma moça que entra em combate com a Mulher Maravilha, mas que não é uma simples vilã. A coisa é mais complicada. Em seguida, temos uma inserção da Action Comics #600, onde ela encontra Superman, e oss dois demonstram que sentem uma baita atração um pelo outro, mas, o empata-foda do Darkseid aparece e

Em Rapadura A

que significam as letras A B C D E F, utilizadas nos tamanhos dos soutiens. A - Aceitável B - Belo C - Colossal D - Dramático E - Exagerado F - Foda -se!!!... Descobertas da Humanidade Qual a maior descoberta da humanidade? Se fizéssemos esta pergunta à 10 pessoas, possivelmente teríamos dez respostas

Em Fonte do Lavra
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




É correcto pronunciar-se vacina com o 'a' aberto? (vàcina)?
O substantivo vacina é uma palavra grave, isto é, com acento de intensidade na penúltima sílaba (vacina). No português europeu, como regra geral (com muitas excepções), as vogais que não pertencem a uma sílaba tónica são elevadas. Por exemplo, no caso da vogal o nas palavras carro e carrinho, o som á [vogal mais baixa] da palavra carro (com acento tónico em ca) passa a pronunciar-se â [vogal mais alta] em carrinho, pois a sílaba tónica passou a ser a penúltima (carrinho).

Por esta ordem de ideias, o mais natural é que o primeiro a de vacina seja pronunciado como vogal central semifechada (a mesma que se pode encontrar em cama) e não como vogal central aberta (a que se pode encontrar em pá).

Se consultarmos dicionários com transcrição fonética, verificamos que as duas vogais a da palavra vacina são invariavelmente transcritas da mesma forma: v[ɐ]cin[ɐ], com a vogal central semifechada (â) representada pelo símbolo [ɐ], do alfabeto fonético internacional.

pub

Palavra do dia

ar·ven·se ar·ven·se


(latim arvensis, -e)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que cresce em terras cultivadas (ex.: espécie arvense).

2. Que produz grão ou forragem (ex.: cultura arvense; produções arvenses).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/empata-foda [consultado em 01-07-2022]