Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

divisória

divisóriadivisória | n. f.
fem. sing. de divisóriodivisório
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

di·vi·só·ri·a di·vi·só·ri·a


nome feminino

1. Tapume, tabique.

2. Qualquer objecto que serve para separar espaços confinantes.


di·vi·só·ri·o di·vi·só·ri·o


adjectivo
adjetivo

1. Que divide, separa, delimita.

2. Que diz respeito à divisão de bens entre herdeiros.

nome masculino

3. Prancheta de madeira em que o compositor fixa o original.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "divisória" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

E naquele que foi o 10º jogo da temporada, há uma linha divisória que diz mesmo tudo..

Em Fora-de-jogo

Durante uns segundos, protegido por frágil divisória , serei soberano..

Em Jacarandá

Durante uns segundos, protegido por frágil divisória , serei

Em sorumb

O índice de evolução da produção ficou em 53 pontos, acima da linha divisória de 50 pontos que separa queda de alta da produção..

Em Caderno B

Atrás da divisória havia mais 60 assentos na classe econômica, onde a maior parte da equipe se...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).
pub

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/divis%C3%B3ria [consultado em 19-10-2021]