Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

despotismo

despotismodespotismo | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

des·po·tis·mo des·po·tis·mo


(déspota + -ismo)
nome masculino

1. Governo despótico.

2. Vontade imperiosa.

3. Mando absoluto e arbitrário.

4. Acto ou exigência própria de um déspota; tirania.

5. [Brasil]   [Brasil]  Grande porção.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "despotismo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...O objetivo de Dubcek era " desestalinizar " o país, removendo os vestígios de despotismo e autoritarismo , que considerava aberrações no sistema socialista..

Em Geopedrados

Sob o despotismo da liberdade – Luís Farinha (Assembleia da República), 359 p..

Em Almanaque Republicano

...na sua vida, têm a possibilidade de orientar uma política nacional que resista ao despotismo tradicional da esquerda, que saiba tratar com a direita democrática, que consiga guiar a

Em Jacarandá

...na sua vida, têm a possibilidade de orientar uma política nacional que resista ao despotismo tradicional da esquerda, que saiba tratar com a direita

Em sorumb

...O objetivo de Dubcek era " desestalinizar " o país, removendo os vestígios de despotismo e autoritarismo , que considerava aberrações no sistema socialista..

Em Geopedrados
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de tirar uma dúvida sobre a grafia da cidade marroquina de Marraqueche. Gostaria ainda de saber se está correcto escrever assim sem antepor artigos a todos estes países: ...designadamente França, Itália, Espanha, Malta...
A grafia do topónimo marroquino deveria ser, segundo Rebelo Gonçalves no Vocabulário da Língua Portuguesa de 1966, Marráquexe, mantendo a acentuação esdrúxula da língua de origem. Podemos no entanto verificar, através de pesquisas em corpora e motores de busca, que esta forma é muito pouco usada em português, sendo a forma Marraquexe muito mais usual (esta acentuação grave é considerada por alguns um galicismo, mas na verdade aproxima-se também da acentuação mais regular do português).

Em relação ao uso de artigo antes de certos topónimos, ela é discutível e é difícil encontrar critérios coerentes que a regulem, mas em enumerações como a que refere é muito normal não haver utilização de artigo (ex.: Diversos países assinaram o acordo, designadamente França, Itália, Espanha e Malta). Noutros contextos, as gramáticas são pouco claras, pois é difícil estabelecer critérios exaustivos. Os países referidos, porém, surgem frequentemente na lista de topónimos que no português de Portugal dispensam artigo (ex.: Ele está em França; Foi a Malta nas férias) ao contrário de outros que o exigem (ex.: Ele está no Brasil; Foi à Argentina nas férias).




Gostaria de saber se as palavras escritas em letras maiúsculas são acentuadas. Ex.: ÁRVORE.
Na ortografia portuguesa, as palavras têm a mesma acentuação independentemente de serem grafadas com letras maiúsculas ou minúsculas. Assim, se pretender escrever árvore, ébano, ímpeto, óbito, único com inicial maiúscula ou totalmente em maiúsculas, deverá escrever Árvore ou ÁRVORE, Ébano ou ÉBANO, Ímpeto ou ÍMPETO, Óbito ou ÓBITO ou Único ou ÚNICO.

O texto do Acordo Ortográfico, que regula a ortografia do português europeu e que tem regras específicas para o uso de maiúsculas nas bases XXXIX a XLVII, não refere explicitamente este assunto, mas o próprio texto legal contém sempre acentos em maiúsculas, nomeadamente em palavras como "MINISTÉRIO", "Ámon", "Áustria-Hungria", "Nun'Álvares", "Índias" ou no nome do Presidente da República em 1945, "ANTÓNIO ÓSCAR DE FRAGOSO CARMONA".

Outras ortografias de línguas românicas próximas do português, como o espanhol ou o francês, têm o mesmo comportamento. A Real Academia Española (Ortografía de la Lengua Española, Madrid: Editorial Espasa Calpe, 1999, p. 53) refere explicitamente que as maiúsculas levam acento e que a Academia nunca estabeleceu uma norma em sentido contrário. Quanto ao francês, a tradição escolar costuma ensinar que as maiúsculas podem não ser acentuadas, não sendo essa, no entanto, a posição da Académie Française, que recomenda o uso sistemático das maiúsculas acentuadas; também a União Europeia, no Código de Redacção Interinstitucional relativo ao francês postula que as maiúsculas são, em princípio, sempre acentuadas (http://publications.europa.eu/code/fr/fr-240203.htm).

pub

Palavra do dia

su·ma·ca su·ma·ca


(neerlandês smak)
nome feminino

[Náutica]   [Náutica]  Embarcação rasa e ligeira, de dois mastros, usada especialmente na América do Sul (ex.: sumacas de cabotagem fluvial).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/despotismo [consultado em 29-01-2022]