Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

desabrido

desabridodesabrido | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

de·sa·bri·do de·sa·bri·do


adjectivo
adjetivo

1. Áspero; rude; ríspido.

2. Desagradável.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

( TALVEZ DEVIDO AOS SEUS TRAÇOS FISIONÓMICOS E AO MODO DESABRIDO COMO FALA ) A UM PRENÚNCIO DE DESGRAÇA !!

Em Reencontros

Desperta e insatisfeita, enervada então de insónias, falava desabrido e melindrava-se com tudo e com nada..

Em Maria Ondina Braga

É de desabrido falajar, mas não má pessoa..

Em daniel abrunheiro

" "Na maioria dos casos, voltaria a escrever o que escrevi" O estilo desabrido e chocarreiro do texto

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

O gajo não aguentou mais (devia ter muito que fazer…), e um tanto desabrido saiu porta fora, com o guarda à trela, resmungando em jeito para o irritado...

Em anónimo séc.xxi
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Mais uma vez, peço a vossa ajuda para o esclarecimento da seguinte dúvida: juridico-funcional ou jurídico-funcional, economico-financeiro ou económico-financeiro?
As formas correctas são as formas acentuadas: jurídico-funcional e económico-financeiro.



Qual das expressões é a correcta: de forma a ou por forma a? Caso ambas estejam correctas, qual a diferença entre elas e quando usar uma ou outra?
As duas expressões estão correctas e são locuções prepositivas sinónimas, significando ambas “para”, “a fim de” ou “de modo a” e indicando um fim ou objectivo (ex.: procedeu cautelosamente de forma a/por forma a evitar erros), sendo a locução por forma a menos usada que de forma a, como se pode verificar pela pesquisa em corpora e motores de busca na internet. Ambas se encontram registadas em dicionários de língua portuguesa.

Estas duas expressões, construídas com a preposição a, pertencem a um conjunto de locuções (do qual fazem parte de modo a ou de maneira a) cujo uso é desaconselhado por alguns puristas, com o argumento de que se trata de expressões de influência francesa, o que, neste caso, não parece constituir argumento suficiente para as considerar incorrectas. Acresce ainda que, em qualquer dos casos, locuções prepositivas como de/por forma a, de maneira a ou de modo a desempenham a mesma função da preposição para, que neste contexto introduz frases subordinadas infinitivas adverbiais de fim (ex.: procedeu cautelosamente para evitar erros), da mesma forma que, com alterações ao nível dos tempos verbais, as locuções conjuncionais de/por forma que, de maneira que ou de modo que desempenham a função da locução conjuncional para que, que neste contexto introduz frases subordinadas finitas adverbiais de fim (ex.: procedeu cautelosamente para que evitasse erros). Não parece assim haver motivo para deixar de usar umas ou outras.

pub

Palavra do dia

al·mo·ça·dei·ra al·mo·ça·dei·ra


(almoçar + -deira)
adjectivo feminino e nome feminino
adjetivo feminino e nome feminino

[Portugal]   [Portugal]  Diz-se de ou chávena grande, geralmente usada para tomar o pequeno-almoço.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/desabrido [consultado em 03-12-2021]