Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

curte

curtecurte | n. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de curtircurtir
2ª pess. sing. imp. de curtircurtir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cur·te cur·te


(derivação regressiva de curtir)
nome feminino

1. [Informal]   [Informal]  Acto ou efeito de curtir.

2. [Informal]   [Informal]  Coisa, facto ou pessoa que provoca prazer.


SinónimoSinônimo Geral: CURTIÇÃO


cur·tir cur·tir

- ConjugarConjugar

(origem controversa)
verbo transitivo

1. Preparar peles, couros para os tornar imputrescíveis.

2. Remolhar matérias têxteis para as abrandar e lhes poder separar as fibras.

3. Conservar alimentos em líquido adequado. = CURAR

4. Queimar a pele por exposição ao sol ou ao vento.

5. [Figurado]   [Figurado]  Suportar sofrimento ou situação penosa. = AGUENTAR, PADECER, SOFRER

6. [Figurado]   [Figurado]  Tornar mais forte, mais resistente. = CALEJAR, ENDURECER

7. [Informal]   [Informal]  Ressacar.

8. [Informal]   [Informal]  Sentir prazer ou satisfação por; gostar muito de (ex.: ele curte ouvir música clássica). = APRECIAR, DELEITAR-SE, DESFRUTAR

verbo transitivo e intransitivo

9. [Informal]   [Informal]  Trocar carícias sexuais.

verbo intransitivo

10. [Informal]   [Informal]  Estar despreocupado, em ambiente relaxante ou divertido. = DESCONTRAIR, RELAXAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "curte" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Bal Floral Logodnă Seară Formală Rochie In Formă de Inimă Fără manșon Tren de curte Poliester cu Aplică 2021 2021 - RON 80065..

Em poeirasglass

Compartilhe com quem curte música e inscreva-se no canal para não perder esse espetáculo..

Em O VAGALUME

Danilo Santana curte uma vida de luxo em Dubai, nos Emirados Árabes e

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação

E dentro disso temos uma boa dica para quem curte o melhore

Em confrariadearton.blogspot.com

: financiamento coletivo de um suplemento de Chamado de Cthulhu para quem curte jogar esse clássico do terror nos anos de ouro da era Pulp – os...

Em confrariadearton.blogspot.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Gostaria que me explicassem qual das expressões é a correta:
"Isto não tem nada a ver com aquilo."
"Isto não tem nada haver com aquilo."
Das frases que menciona, apenas a primeira (isto não tem nada a ver com aquilo) está correcta, pois, neste caso, a locução ter a ver com significa "estar relacionado com" ou "dizer respeito a" (ex.: fisicamente, o filho não tem nada a ver com o pai; quem disse que eu tenho alguma coisa a ver com essa história?). A segunda frase (*isto não tem nada haver com aquilo) está incorrecta e a dúvida resulta da semelhança fonética do verbo haver com a sequência a ver da locução ter a ver com.

É também a proximidade fonética entre ter a ver (com) e ter a haver que está na origem de outra dúvida muito semelhante, comum a muitos falantes de português, a que já respondemos aqui. É o caso em que a locução ter a ver (com) é confundida com a locução ter a haver, muito mais rara, que significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: a senhora ainda tem troco a haver; já recebi tudo, não tenho mais nada a haver). Nesse caso, qualquer frase decorrente de uma estrutura como ela não tem nada a _____ [ver/haver] com aquilo, é correcta: ela não tem nada a ver com aquilo significa “ela não tem relação com aquilo; aquilo não lhe diz respeito”; ela não tem nada a haver com aquilo significa “ela não recebe nada com aquilo”. No entanto, é altamente provável que, no caso dessa estrutura, a intenção seja indicar que o assunto ou a situação de que se está a falar [aquilo] não diz respeito ao interlocutor ou ao sujeito de quem se fala, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase isto não tem nada a ver com aquilo.

pub

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/curte [consultado em 19-10-2021]