PT
BR
Pesquisar
Definições



cura

A forma curapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de curarcurar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de curarcurar], [nome feminino] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
curacura
( cu·ra

cu·ra

)


nome feminino

1. Acto ou efeito de curar ou de se curar.

2. Período em que se segue um regímen ou tratamento contra uma doença.

3. Recuperação da saúde.

4. Curativo; remédio.

5. Solução para algo.

6. Emenda, regeneração.

7. Branqueamento ao sol.

8. Processo destinado geralmente a conservação ou preparação para consumo por acção do ar, do sal ou do fumo (ex.: cura do bacalhau, cura do presunto, cura do queijo).

9. Processo químico ou térmico para tratamento de matérias-primas (ex.: cura das peles).

10. [Agricultura] [Agricultura] Tratamento, geralmente com pesticida, para evitar a deterioração ou destruição (ex.: cura da vinha).


nome masculino

11. Sacerdote que tem encargo de pastorear fiéis (ex.: foi falar com o senhor cura). = PADRE, PÁROCO, PRIOR


cura de almas

Sacerdote.

etimologiaOrigem etimológica:latim cura, -ae.
Confrontar: cora.
curarcurar
( cu·rar

cu·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Restabelecer ou recuperar a saúde; pôr fim a uma doença.

2. Sarar, tratar.

3. Corrigir(-se) ou libertar(-se) de vício ou defeito.

4. Ter atenção ou cuidados com (ex.: preocupou-se em curar a sua análise). = CUIDAR, OCUPAR-SE, TRATARDESCUIDAR, DESCURAR


verbo transitivo

5. Conservar ou preparar para consumo por acção do sal (ex.: curar o bacalhau). = SALGAR

6. Conservar ou preparar para consumo por acção do ar ou do fumo (ex.: curar o queijo; curar o presunto).

7. Branquear ao sol. = CORAR

8. Tratar matérias-primas através de processo químico ou térmico (ex.: curar as peles). = CURTIR

9. [Agricultura] [Agricultura] Tratar, geralmente com pesticida, para evitar a deterioração ou destruição (ex.: curar a vinha).


verbo transitivo e intransitivo

10. Praticar medicina.

11. [Brasil] [Brasil] Praticar curandeirismo.


verbo intransitivo

12. Exercer funções de cura (de almas).

etimologiaOrigem etimológica:latim curo, -are, cuidar, tratar.
Confrontar: corar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "cura" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Como devo falar ou escrever: "o Departamento a que pertence o funcionário" ou "o Departamento ao qual pertence o funcionário".
Nenhuma das expressões que refere está incorrecta, uma vez que, em orações subordinadas adjectivas relativas, o pronome relativo que pode, de uma maneira geral, ser substituído pelo seu equivalente o qual, que deverá flexionar em concordância com o género e número do antecedente (ex.: os departamentos aos quais pertence o funcionário). No caso em questão, o pronome relativo tem uma função de objecto indirecto do verbo pertencer, que selecciona complementos iniciados pela preposição a, daí que os pronomes que e o qual estejam antecedidos nestas expressões por essa preposição (a que e ao qual).

É de notar que a utilização da locução pronominal o qual e das suas flexões não deve ser feita quando se trata de uma oração relativa adjectiva restritiva que não é iniciada por preposição, isto é, quando a oração desempenha a função de um adjectivo que restringe o significado do antecedente (ex.: o departamento [que está em análise = analisado] vai ser reestruturado; *o departamento o qual está em análise vai ser reestruturado [o asterisco indica agramaticalidade]).