Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
cunhacunha | s. f.
cunhãcunhã | s. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de cunharcunhar
2ª pess. sing. imp. de cunharcunhar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cu·nha cu·nha
nome feminino

1. Peça de ferro que vai diminuindo de grossura até terminar em corte para rachar lenha, fender pedras, etc.

2. Pedaço de madeira ou de outro material usado para nivelar objectos que não assentam por igual. = CALÇO

3. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Pessoa influente que pede em favor de outra com empenho. (Equivalente no português do Brasil: pistolão.)

4. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Empenho ou recomendação de pessoa importante ou influente. (Equivalente no português do Brasil: pistolão.)

5. [Literatura]   [Literatura]  Palavra que entra no verso só para lhe completar a medida. = RÍPIO


à cunha
Completamente cheio.

cunha de mira
Palmeta.


cu·nhã cu·nhã
(do tupi)
nome feminino

1. [Brasil]   [Brasil]  Menina.

2. [Brasil: Amazonas]   [Brasil: Amazonas]  Mulher jovem.

3. [Brasil: Amazonas]   [Brasil: Amazonas]  Mulher.

4. [Brasil: Amazonas]   [Brasil: Amazonas]  Mulher ou jovem de origem indígena ou cabocla.


cu·nhar cu·nhar - ConjugarConjugar
verbo transitivo

1. Imprimir cunho em.

2. Transformar em moeda. = AMOEDAR

3. [Figurado]   [Figurado]  Tornar saliente, notável.

4. Inventar.

5. Adoptar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cunha" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual o processo de formação de palavras referente à palavra entorno no sentido de circunvizinhança, em redor, etc.
A palavra entorno é um derivado regressivo do verbo entornar. O processo de derivação regressiva consiste na formação de uma palavra através da redução de outra, pela eliminação do sufixo e acréscimo das vogais a, e ou o (ex.: comprar > compra; abater > abate; entornar > entorno).



Na frase seguinte estou com uma dúvida: Pouco depois de saírem do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos. A primeira frase pouco depois de saírem do cinema estará correcta? Não ficará melhor pouco depois de sair do cinema?
Nas orações temporais, como pouco depois de saírem do cinema, usa-se geralmente o infinitivo flexionado. Nos casos em que o sujeito da oração subordinada é o mesmo da oração subordinante, mas em que o mesmo não está expresso, como na frase que refere, pode também ser usado o infinitivo impessoal (pouco depois de sair do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos). Ambas as hipóteses que menciona são então possíveis, apesar de ser mais frequente o uso do infinitivo flexionado neste tipo de orações temporais.

Se, no entanto, houver um sujeito expresso na oração subordinada temporal, é obrigatório o infinitivo flexionado (pouco depois de eles saírem do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos; *pouco depois de eles sair do cinema, Maria e Manuel apareceram no café onde tinham combinado com os amigos; o asterisco indica agramaticalidade).

pub

Palavra do dia

a·ze·mel a·ze·mel
(talvez do árabe az-zamilâ, azémola)
nome masculino

1. Indivíduo que conduz azémolas ou bestas de carga. = ALMOCREVE, ARROCHEIRO, AZEMELEIRO, RECOVEIRO

2. Conjunto de tendas ou barracas para alojamento provisório de pessoas. = ABARRACAMENTO, ACAMPAMENTO, ARRAIAL

Plural: azeméis.Plural: azeméis.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/cunha [consultado em 10-08-2020]