Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

corroborada

fem. sing. part. pass. de corroborarcorroborar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cor·ro·bo·rar cor·ro·bo·rar


(latim corroboro, -are, fortificar, reforçar)
verbo transitivo

1. Apresentar argumento ou informação que acompanha ou dá força a determinada afirmação ou ideia (ex.: a testemunha corrobora a versão do arguido). = COMPROVAR, CONFIRMAR

verbo transitivo e pronominal

2. Dar força a. = FORTALECER, FORTIFICAR


corroborado corroborado


adjectivo
adjetivo

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "corroborada" para: Espanhol | Francês | Inglês

Esta palavra em blogues

Ver mais

A medida foi corroborada pelo deputado Paulo Ganime (Novo-RJ)..

Em www.blogdocolares.com

corroborada por outras pessoas, ao correspondente, para quem o caso parecia "extremamente irrisório" e tratava-se,...

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

...na Grécia olhos nos olhos para que a nossa equipa seja apurada", uma ideia corroborada por Pizzi, um dos capitães de equipa e atual melhor marcador da prova, com...

Em O INDEFECTÍVEL

foi feito foi muito positivo e estou satisfeito com isso", disse ontem, numa análise corroborada por todos os que o acompanharam neste desiderato..

Em O INDEFECTÍVEL

Este hipótese foi corroborada , entre muitas outras observações, por aquela que foi feita por cientistas britânicos de...

Em De Rerum Natura
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O verbo intervir conjuga-se da mesma forma que o verbo vir? Sendo assim, qual é o seu particípio passado (caso tenha)?
O verbo intervir conjuga-se como o verbo vir, com a particularidade de se grafar com acento agudo na segunda e terceira pessoas do presente do indicativo (intervéns, intervém); esta particularidade é comum a todos os outros verbos derivados de vir ou do verbo latino venire (são os casos, por exemplo, de advir, avir, convir, desconvir, devir, provir, sobrevir). O particípio passado destes verbos também segue o paradigma de vir/vindo, sendo então intervindo o particípio passado de intervir (ex.: tinha intervindo brilhantemente no debate). Poderá esclarecer esta e outras dúvidas de conjugação seguindo a hiperligação para o verbo intervir no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e clicando em seguida na opção Conjugar que se encontra imediatamente acima da definição do verbo.



Gostaria de saber das regras para o uso adequado da palavra se.
Para empregar correctamente a palavra se, é necessário analisar e perceber a diferença entre duas classificações, a de conjunção subordinativa (em 1) e a de pronome pessoal átono (em 2).

1 Como conjunção, a palavra se surge para ligar frases subordinadas e pode ter vários valores, que se podem resumir basicamente em:
1.1 Conjunção subordinativa condicional, para indicar uma condição ou uma hipótese (ex.: Só podem brincar na rua se não chover; Se chegares atrasado, a responsabilidade é tua).
1.2 Conjunção subordinativa integrante, para iniciar frases interrogativas indirectas (ex. Perguntou se aquilo era verdade).

2 Como pronome pessoal, a palavra se pode corresponder a quatro tipos de estruturas diferentes, estando sempre acompanhada de um verbo (antes ou depois).
2.1 Pronome pessoal átono reflexo, para indicar o complemento directo quando a acção do sujeito recai sobre ele próprio (ex.: Vestiu-se rapidamente.).
2.2 Pronome pessoal átono recíproco, para indicar o complemento directo sobre o qual recai uma acção mutuamente realizada e sofrida por um sujeito plural ou complexo (ex.: Cumprimentaram-se respeitosamente.).
2.3 Pronome pessoal átono que desempenha a função de sujeito indefinido ou indeterminado, com um valor próximo de a gente ou alguém (ex.: -se esse livro com muita facilidade).
2.4 Pronome pessoal átono apassivante, com um valor próximo de uma frase passiva (ex.: Arrenda-se loja no centro).

Sobre esta questão, e porque a palavra se é frequentemente confundida, na ortografia, com a terminação do pretérito imperfeito do conjuntivo, por favor consulte também outra dúvida relacionada em pretérito imperfeito do conjuntivo e presente do indicativo seguido de -se.

pub

Palavra do dia

ban·ga·la·fu·men·ga ban·ga·la·fu·men·ga


(origem duvidosa)
nome masculino

[Brasil: Nordeste, Depreciativo]   [Brasil: Nordeste, Depreciativo]  Indivíduo sem valor, sem préstimo. = JOÃO-NINGUÉM, ZÉ-NINGUÉM

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/corroborada [consultado em 03-08-2021]