Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

consultável

consultávelconsultável | adj. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·sul·tá·vel con·sul·tá·vel


(consultar + -ável)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

Que pode ser consultado.INCONSULTÁVEL

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "consultável" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

caso das realizações) e facilmente consultável (nas referidas publicações anuais e de conjunto sobre o Prémio INH/IHRU), três conjuntos de...

Em infohabitar - o blog do grupo habitar

...uma certificação de origem carimbada e uma utilidade ao nível de um dicionário técnico consultável ..

Em CAMPAINHA ELÉCTRICA

...interminável de credores que ficaram a "arder" com dinheiro é factual, pública e facilmente consultável na internet!!

Em Blog GeraçãoBenfica

Na Revista da Universidade de Coimbra , consultável AQUI ..

Em Almanaque Republicano

Não está registada em sítio público consultável que eu saiba..

Em portadaloja
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Escreve-se dispor ou dispôr? Já ouvi que ambas estão correctas, embora talvez a última tenha caído em desuso; será?
O verbo pôr tem acento circunflexo por necessidade de distinção clara da preposição por. No entanto, nenhum dos seus derivados ou cognatos tem acento circunflexo, por já não haver necessidade de qualquer distinção. Desta forma, a única ortografia correcta será dispor, como poderá encontrar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, onde poderá confirmar também outros verbos cognatos como apor, antepor, compor, contrapor, depor, dispor, expor, justapor, opor, propor, etc.



É correcto dizer Explicações do 5º ao 12º anos?
A expressão a usar deverá ser preferencialmente explicações do 5.º ao 12.º ano.

Trata-se de uma expressão para indicar um intervalo que tem como limites o 5.º ano e o 12.º ano, em dois sintagmas nominais diferentes, com utilização da preposição de em correlação com a preposição a. A expressão será equivalente a explicações do 5.º ano ao 12.º ano, sem a elisão (usual para evitar repetição) da primeira referência a ano, pelo que, do ponto de vista lógico, não há motivo para colocar ano no plural, pois serão sempre dois sintagmas diferentes, um indicando o limite inicial e outro o limite final.

Esta dúvida surge provavelmente por analogia com outras construções em que há dois ou mais sintagmas nominais que desempenham exactamente a mesma função gramatical, nomeadamente estruturas de coordenação, copulativas (ex.: o 5.º e 6.º anos não tiveram aulas) ou disjuntivas (ex.: a ficha destina-se ao 5.º ou 6.º anos), em que os sintagmas nominais podem inclusivamente ser substituídos por um único grupo nominal ou pronome (ex.: esses anos não tiveram aulas; a ficha destina-se a ambos os anos). O mesmo tipo de substituição não pode ser feito no exemplo referido na questão colocada, pois perder-se-ia a indicação dos limites.

pub

Palavra do dia

al·vo·ri·çar al·vo·ri·çar


(alvoriço + -ar)
verbo intransitivo

1. [Antigo]   [Antigo]  Fugir com susto. = DEBANDAR

verbo pronominal

2. Ficar com os cabelos ou pêlos arrepiados; pôr-se o cabelo em pé (ex.: alvoriçou-se com o susto). = ARREPIAR-SE

Confrontar: alvoroçar.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/consult%C3%A1vel [consultado em 30-11-2021]