Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

consola

consolaconsola | n. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de consolarconsolar
2ª pess. sing. imp. de consolarconsolar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·so·la |ó|con·so·la |ó|


(francês console)
nome feminino

1. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]  Peça saliente que sustenta uma estátua, cornija, sacada, etc. = MÍSULA

2. [Por extensão]   [Por extensão]  Mesa estreita que se coloca junto a uma parede, geralmente para objectos de decoração como candelabros, jarras, etc.

3. [Música]   [Música]  Parte superior recurva da harpa, onde estão as cravelhas. = MODILHÃO

4. [Música]   [Música]  Parte móvel dos órgãos, onde estão localizados os teclados, os pedais e os registos.

5. [Informática]   [Informática]  Conjunto de equipamentos para inserir e visualizar dados e para operar um computador, como teclado e monitor. (Equivalente mais usado no português do Brasil: console.)

6. [Informática]   [Informática]  Computador destinado exclusivamente a jogos. (Equivalente mais usado no português do Brasil: console.)

7. [Tecnologia]   [Tecnologia]  Conjunto formado pelo painel de instrumentos e espaços afins, numa viatura ou numa máquina. (Equivalente mais usado no português do Brasil: console.)


con·so·lar con·so·lar

- ConjugarConjugar

(latim consolor, -ari, tranquilizar, reconfortar, aliviar, encorajar)
verbo transitivo e pronominal

1. Aliviar a pena, o sofrer de. = CONFORTAR

verbo transitivo, intransitivo e pronominal

3. Dar ou sentir prazer, satisfação.

verbo pronominal

4. Conformar-se, resignar-se.

Confrontar: consular.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "consola" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Brilho que não consola , brilho..

Em José Alberto de Oliveira

O que me consola

Em www.tonygoes.com.br

Também hoje e em todos os dias da nossa vida, a Mãe nos consola , dizendo que não estamos sozinhos..

Em Deus em Tudo e Sempre

O homem da funerária vendo a cena aproxima-se e começa a consolá -la, mas ela diz que não está a chorar

Em Fonte do Lavra

...tarde entretidos a fazer os trabalhos de casa, ou a jogar os jogos de consola que o meu marido comprou para eles..

Em Fonte do Lavra
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Encontrei um problema com o vosso dicionário. Ao consultar o mesmo com as opções pré-AO, os plurais sugeridos aparecem sempre grafados segundo o AO. Isto acontece por exemplo na palavra "pêra", que aparece com as cores do pré-AO mas o único plural indicado é "peras" e não "pêras".
Não se trata de um erro, pois o plural de pêra é peras, com ou sem aplicação do Acordo Ortográfico de 1990.

O Acordo Ortográfico de 1990 (cf. Base IX, 9.º) elimina, de facto, os acentos em pêra e pêro (assim como em palavras cujo acento serve para distinguir homógrafos de certas palavras gramaticais, como nos pares pára/para, péla/pela, pêlo/pelo), mas, segundo o Acordo Ortográfico de 1945, o plural dessas duas palavras não tem acento gráfico, referindo explicitamente na Base XXII que se distinguem "pêra, substantivo, e pera, preposição arcaica (mas o plural, peras, sem acento); pêro, substantivo, e pero, conjunção arcaica (mas o plural, peros, também sem acento)". Isto acontece porque os substantivos pêra e pêro são homógrafos de palavras arcaicas (a preposição pera [= para] e a conjunção pero [= mas, porém]), mas os seus plurais peras e peros não são homógrafos de nenhuma outra palavra, uma vez que as preposições e as conjunções não têm plural.




Gostaria de saber se consideram a frase seguinte gramaticalmente correcta: "Quando vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas".
Na frase Quando vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas, o pronome oblíquo vos corresponde à 2.ª pessoa do plural, desempenhando a função de complemento indirecto (= a vós), mas o sujeito da forma verbal vierem corresponde à 3.ª pessoa (vocês ou eles). .

Como é referido na resposta você, este pronome de tratamento designa a pessoa a quem se fala (tu/vós), mas, sendo um pronome de 3.ª pessoa, obriga o verbo à concordância com essa pessoa gramatical (daí dizer-se quando vocês vierem e não *quando vocês [= vós] vierdes). Como a ideia de forma de tratamento de 2.ª pessoa está muito presente nos falantes, a tendência é usar o pronome oblíquo vos correspondente à 2.ª pessoa (vós) e não o pronome lhes, correspondente à 3.ª pessoa (vocês/eles). Esta tendência gera construções condenadas por alguns gramáticos, como Paul Teyssier no Manual de Língua Portuguesa (Portugal-Brasil) [pp. 128-132].

Assim sendo, as hipóteses correctas seriam Quando [vocês] vierem novamente cá a casa, mostrar-lhes-ei a minha estufa de plantas exóticas ou Quando [vós] vierdes novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas. O Dicionário de Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, pelo contrário, considera que o pronome vos pode ser usado no tratamento por vocês. O Dicionário Priberam também regista este uso do pronome, mas indica que é muitas vezes desaconselhado. A este respeito, veja-se ainda a resposta vi-os / vi-vos.

O que foi dito acima refere-se à interpretação preferencial, que não invalida uma interpretação menos provável: Quando [eles] vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei [a vós] a minha estufa de plantas exóticas. Ainda que residual ou dialectal, o uso do pronome vós é possível, como é referido na resposta vós e vocês.

pub

Palavra do dia

bras·sa·gem bras·sa·gem


(francês brassage)
nome feminino

Primeira fase do fabrico da cerveja, em que se mistura o malte com água a temperatura controlada, para formar o mosto. = BRASSADURA

Confrontar: braçagem.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/consola [consultado em 06-08-2021]