Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
coninhasconinhas | adj. 2 g. 2 núm. s. 2 g. 2 núm. | s. m. 2 núm.
derivação fem. pl. de conacona
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

co·ni·nhas co·ni·nhas
(cona + -inha + -s expressivo)
adjectivo de dois géneros e dois números e nome de dois géneros e dois números
adjetivo de dois géneros e dois números e nome de dois géneros e dois números

1. [Portugal, Calão, Depreciativo]   [Portugal, Tabuísmo, Depreciativo]  Que ou o que demonstra medo ou se deixa dominar por ele. = CAGAROLAS, FRACALHÃO, MEDRICAS, MEDROSO

nome masculino de dois números

2. [Portugal, Calão, Depreciativo]   [Portugal, Tabuísmo, Depreciativo]  Homem considerado efeminado.


SinónimoSinônimo Geral: CONAS


co·na |ô| co·na |ô|
(latim cunnus, -i)
nome feminino

[Calão]   [Tabuísmo]  Órgão sexual feminino.

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Ouve-se em certos telejornais expressões como a cujo ou em cujo; contudo gostaria de saber se gramaticalmente a palavra cujo pode ser antecedida de preposição.
O uso do pronome relativo cujo, equivalente à expressão do qual, pode ser antecedido de preposição em contextos que o justifiquem, nomeadamente quando a regência de alguma palavra ou locução a tal obrigue. Nas frases abaixo podemos verificar que o pronome está correctamente empregue antecedido de várias preposições (e não apenas a ou em) seleccionadas por determinadas palavras (nos exemplos de 1 e 2) ou na construção de adjuntos adverbiais (nos exemplos de 3 e 4):

1) O aluno faltou a alguns exames. O aluno reprovou nas disciplinas a cujo exame faltou. (=O aluno reprovou nas disciplinas ao exame das quais faltou);
2) Não haverá recurso da decisão. Os casos serão julgados pelo tribunal, de cuja decisão não haverá recurso. (=Os casos serão julgados pelo tribunal, dadecisão do qual não haverá recurso);
4) Houve danos em algumas casas. Os moradores em cujas casas houve danos foram indemnizados. (=Os moradores nas casas dos quais houve danos foram indemnizados);
5) Exige-se grande responsabilidade para o exercício desta profissão. Esta é uma profissão para cujo exercício se exige grande responsabilidade. (=Esta é uma profissão para o exercício da qual se exige grande responsabilidade).




Gostaria de saber se escrever ou dizer o termo deve de ser é correcto? Eu penso que não é correcto, uma vez que neste caso deverá dizer-se ou escrever deverá ser... Vejo muitas pessoas a usarem este tipo de linguagem no seu dia-a-dia e penso que isto seja uma espécie de calão, mas já com grande influência no vocabulário dos portugueses em geral.
Na questão que nos coloca, o verbo dever comporta-se como um verbo modal, pois serve para exprimir necessidade ou obrigação, e como verbo semiauxiliar, pois corresponde apenas a alguns dos critérios de auxiliaridade geralmente atribuídos a verbos auxiliares puros como o ser ou o estar (sobre estes critérios, poderá consultar a Gramática da Língua Portuguesa, de Maria Helena Mira Mateus, Ana Maria Brito, Inês Duarte e Isabel Hub Faria, pp. 303-305). Neste contexto, o verbo dever pode ser utilizado com ou sem preposição antes do verbo principal (ex.: ele deve ser rico = ele deve de ser rico). Há ainda autores (como Francisco Fernandes, no Dicionário de Verbos e Regimes, p. 240, ou Evanildo Bechara, na sua Moderna Gramática Portuguesa, p. 232) que consideram existir uma ligeira diferença semântica entre as construções com e sem a preposição, exprimindo as primeiras uma maior precisão (ex.: deve haver muita gente na praia) e as segundas apenas uma probabilidade (ex.: deve de haver muita gente na praia). O uso actual não leva em conta esta distinção, dando preferência à estrutura que prescinde da preposição (dever + infinitivo).
pub

Palavra do dia

a·bes·tun·to a·bes·tun·to
(a- + bestunto)
nome masculino

1. [Informal]   [Informal]  Capacidade para pensar ou raciocinar (ex.: falta-lhe abestunto para entender o problema).

2. [Informal]   [Informal]  Cabeça (ex.: faltou-lhe coragem para dizer o que lhe ia no abestunto). = CACHIMÓNIA


SinónimoSinônimo Geral: BESTUNTO

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/coninhas [consultado em 24-11-2020]