PT
BR
Pesquisar
Definições



coisa

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
coisacoisa
( coi·sa

coi·sa

)


nome feminino

1. O que existe ou pode existir.

2. Objecto ou ser inanimado.

3. Acontecimento, negócio ou facto que interessa às pessoas envolvidas (ex.: vou tratar de uma coisa; têm alguma coisa para fazer agora?).

4. Assunto de que se fala ou trata (ex.: ele que falar-lhe de umas coisas).

5. Aquilo que se desconhece ou que causa inquietação ou desconfiança. = ENIGMA, MISTÉRIO

6. [Informal] [Informal] Indisposição, mal-estar ou doença súbita (ex.: deu-lhe uma coisa e foi para o hospital).

7. Qualquer objecto que não se quer ou não se consegue nomear (ex.: essa coisa não serve para nada).

8. [Informal] [Informal] Qualquer pessoa do sexo feminino cujo nome se ignora ou não se quer nomear.

9. [Informal] [Informal] Órgão sexual feminino. = VULVA

10. [Informal] [Informal] Órgão sexual masculino. = COISO, PÉNIS

11. [Brasil: Nordeste] [Brasil: Nordeste] Cigarro de haxixe ou marijuana. = BASEADO


nome masculino

12. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Diabo.

coisas


nome feminino plural

13. Bens (ex.: separaram-se e cada um levou as suas coisas).


aqui há coisa

[Informal] [Informal] Expressão que indica que algo levanta suspeitas ou dúvidas. = AQUI HÁ GATO

coisa alguma

O mesmo que nada.

coisa de

[Informal] [Informal] Aproximadamente, cerca de.

coisa nenhuma

Usa-se para negar a ausência total de objectos, coisas, ideias, conceitos, etc. (ex.: não se lembrou de coisa nenhuma para dizer; coisa nenhuma lhe parecia interessante). = NADA

coisas da breca

[Informal] [Informal] Coisas inexplicáveis, espantosas.

coisas do arco-da-velha

[Informal] [Informal] Histórias extraordinárias, inverosímeis.

coisas e loisas

[Informal] [Informal] Grande quantidade de coisas diversificadas.

[Informal] [Informal] Conjunto de coisas indeterminadas.

como quem não quer a coisa

[Informal] [Informal] Dissimuladamente.

fazer as coisas pela metade

[Informal] [Informal] Não terminar aquilo que se começou.

mais coisa, menos coisa

[Informal] [Informal] Aproximadamente.

não dizer coisa com coisa

[Informal] [Informal] Ter um discurso desconexo; dizer disparates, coisas sem sentido.

não estar com coisas

[Informal] [Informal] Agir ou dizer prontamente, sem hesitar.

não ser grande coisa

[Informal] [Informal] Não ser particularmente bom ou extraordinário (ex.: o programa não foi lá grande coisa).

ou coisa que o valha

[Informal] [Informal] Ou algo parecido.

pôr-se com coisas

[Informal] [Informal] Arranjar problemas ou dificuldades onde não existem.

que coisa

[Informal] [Informal] Exclamação que se usa para exprimir espanto, desagrado ou irritação.

ver a coisa malparada

[Informal] [Informal] Prever insucesso ou perigo aquando da realização de algo.

etimologiaOrigem etimológica:latim causa, -ae, causa, razão.

Auxiliares de tradução

Traduzir "coisa" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a abreviatura da palavra tonelada (tonelada métrica)?
A tonelada métrica é uma unidade de medida de massa, que se representa pelo símbolo t, e equivale a mil quilogramas (1 t = 1000 kg).



Qual o plural para a expressão alerta ou em alerta? As orações Eles permanecem alertas e Eles permanecem em alerta estão corretas?
Nenhuma das expressões referidas pode ser considerada incorrecta.

A palavra alerta pode ser usada como advérbio, como adjectivo, como substantivo ou como interjeição.

Como advérbio mantém-se sempre invariável (ex.: ela permanece alerta; eles permanecem alerta).

Como adjectivo é uniforme, flexiona em número e concorda com o nome que qualifica (ex.: as pessoas permanecem alertas; a presa alerta conseguiu escapar do leão).

Como interjeição, pode ser usada, de forma invariável, para avisar ou solicitar atenção ou cuidado (ex.: alerta, camaradas!).

A palavra alerta pode ainda ser usada como substantivo masculino, admitindo apenas flexão em número (ex.: o guarda deu o alerta quando um dos prisioneiros se pôs em fuga; não prestaram atenção aos alertas dados pelo guarda).

A locução adverbial em alerta está correcta (neste caso, alerta assume a classificação de substantivo) e também se mantém invariável em qualquer dos contextos usados (ex.: ele permanece em alerta; eles permanecem em alerta).