Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

classe

classeclasse | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

clas·se clas·se


(latim classis, -is, divisão, classe, grupo, categoria, frota, armada)
nome feminino

1. Categoria.

2. Qualidade.

3. Ordem.

4. Secção.

5. Aula.

6. Nível de escolaridade que corresponde a um ano escolar ou lectivo (ex.: a menina está na segunda classe). = ANO

7. [Biologia]   [Biologia]  Grau de classificação imediatamente superior ao das ordens.


classe de palavras
[Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]  Grupo de palavras que pertencem à mesma categoria e que têm características morfológicas, semânticas ou sintácticas comuns.

classe económica
Classe de transporte de passageiros cujo nível de conforto e preço do bilhete são os mais baixos. = ECONÓMICA

classe executiva
Classe de transporte de passageiros cujo nível de conforto é superior ao da classe económica. = EXECUTIVA

classe turística
Tarifa de redução aplicada a certos serviços de transporte internacionais.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "classe" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Personalidades da classe artística lamentaram a morte de Caike Luna..

Em Caderno B

, lealdade, poder, traição, classe , ciúme, todas essas coisas sobre as quais escreveram Ésquilo ou Shakespeare…” Dir-se-ia que,...

Em sound + vision

ª classe , escriturários dos dois géneros, motoristas, contínuos e

Em A Quinta Lusitana

...sem outros herdeiros, deixando-lhe uma fortuna que, mais coisa menos coisa o punha na classe milionária..

Em TEMPO CONTADO

10% mais potência de cruzeiro em comparação com concorrentes da mesma classe e tamanho..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




A minha dúvida prende-se com a palavra rubrica. Julgo que é utilizada para designar um tipo de assinatura, mas também como sinónimo de assunto. A entoação da palavra é diferente nos dois casos, mas a ortografia é igual?
Deverá pronunciar sempre /rubríca/ e não /rúbrica/.

Como poderá verificar ao consultar o verbete rubrica no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, esta palavra tem vários sentidos ou acepções, alguns dos quais correspondem aos apontados na sua questão.

No que diz respeito à sua pronúncia, esta palavra só pode ser pronunciada correctamente como palavra grave, com acento de intensidade na penúltima sílaba: ru['bri]ca (a plica que surge na transcrição entre parênteses rectos corresponde ao acento de intensidade na sílaba -bri-), independentemente do sentido em que é utilizada. Esta acentuação deriva do étimo latino desta palavra, cuja penúltima sílaba era pronunciada como longa.

A pronúncia desta palavra como palavra esdrúxula, isto é, *['ru]brica, com acento de intensidade na antepenúltima sílaba, é incorrecta (como indica o asterisco), apesar de muito difundida, e só poderia ser aceite caso a ortografia desta palavra fosse *rúbrica (forma não atestada em nenhuma obra de referência).

Esta é uma questão de adequação ortografia/pronúncia segundo as regras ortográficas do português e o Acordo Ortográfico de 1990 não alterou nada neste âmbito.

pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/classe [consultado em 21-10-2021]