PT
BR
Pesquisar
Definições



broca

A forma brocapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de brocarbrocar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de brocarbrocar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
broca1broca1
|ó| |ó|
( bro·ca

bro·ca

)


nome feminino

1. Instrumento para furar madeira, pedra ou metais. = ARCO DE PUA, PUA

2. Instrumento cortante, de aço, que se aplica num berbequim para fazer furos circulares em madeira, pedra, metais, etc.

3. Instrumento com que os dentistas desbastam as cavidades cariadas dos dentes.

4. Eixo da fechadura que entra no buraco da chave.

5. Barra de ferro para abrir orifícios nas pedreiras.

6. Falha na boca do canhão.

7. Fístula, chaga.

8. [Agricultura] [Agricultura] Designação dada a vários insectos que atacam certas plantas (ex.: broca do milho).

9. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Cigarro de haxixe ou marijuana. = CHARRO

10. [Brasil] [Brasil] Corte de mato ou de arbustos em terreno para cultivo. = BROCAGEM

11. [Brasil] [Brasil] [Agricultura] [Agricultura] Peneira com que se atiram os grãos de café ao ar para os limpar de folhas ou impurezas.

12. [Brasil, Calão] [Brasil, Tabuísmo] Órgão sexual masculino. = PÉNIS

etimologiaOrigem etimológica:catalão broca, do latim brochus, -a, -um, que tem boca ou dentes salientes.
broca2broca2
|ô| |ô|
( bro·ca

bro·ca

)


nome feminino

[Portugal: Trás-os-Montes] [Portugal: Trás-os-Montes] Ferroada de um pião noutro ou no chão.

brocarbrocar
( bro·car

bro·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Furar com broca.


verbo transitivo e intransitivo

2. [Brasil] [Brasil] [Agricultura] [Agricultura] Cortar mato ou derrubar arbustos, para preparar terreno de cultivo.

3. [Brasil] [Brasil] Limpar o café na broca.

etimologiaOrigem etimológica:broca + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "broca" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




Qual o adjetivo relativo ao substantivo plexo?
Nas obras de referência consultadas, não encontrámos registo de nenhum adjectivo relativo a plexo, a não ser no Dicionário Médico de L. Manuila (Lisboa: Climepsi Editores, 2001), onde plexural aparece registado como o adjectivo relativo a plexo. Este vocábulo plexural é de formação irregular em português (o regular seria, por exemplo, plexal ou pléxico, formas não atestadas), sendo um empréstimo da língua inglesa, fenómeno relativamente frequente em áreas técnicas como a anatomia.