PT
BR
Pesquisar
Definições



beatíssimo

A forma beatíssimopode ser [derivação masculino singular de beatobeato] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
beatíssimobeatíssimo
( be·a·tís·si·mo

be·a·tís·si·mo

)


adjectivoadjetivo

1. Muito beato.

2. Tratamento honorífico dado aos papas. (Com inicial maiúscula.)

etimologiaOrigem etimológica:beato + -íssimo.
beatobeato
( be·a·to

be·a·to

)


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

1. [Religião] [Religião] Que ou quem é bem-aventurado.

2. [Religião] [Religião] Que ou quem foi beatificado pela Igreja católica.

3. [Informal, Depreciativo] [Informal, Depreciativo] Que ou quem denota grande devoção religiosa ou é frequentador habitual de igrejas. = CAROLA

4. [Informal, Depreciativo] [Informal, Depreciativo] Que ou quem é excessivamente moralista, puritano.

etimologiaOrigem etimológica:latim beatus, -a, -um, bem-aventurado, feliz.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:beataria, beatério.


Dúvidas linguísticas



Como devo falar ou escrever: "o Departamento a que pertence o funcionário" ou "o Departamento ao qual pertence o funcionário".
Nenhuma das expressões que refere está incorrecta, uma vez que, em orações subordinadas adjectivas relativas, o pronome relativo que pode, de uma maneira geral, ser substituído pelo seu equivalente o qual, que deverá flexionar em concordância com o género e número do antecedente (ex.: os departamentos aos quais pertence o funcionário). No caso em questão, o pronome relativo tem uma função de objecto indirecto do verbo pertencer, que selecciona complementos iniciados pela preposição a, daí que os pronomes que e o qual estejam antecedidos nestas expressões por essa preposição (a que e ao qual).

É de notar que a utilização da locução pronominal o qual e das suas flexões não deve ser feita quando se trata de uma oração relativa adjectiva restritiva que não é iniciada por preposição, isto é, quando a oração desempenha a função de um adjectivo que restringe o significado do antecedente (ex.: o departamento [que está em análise = analisado] vai ser reestruturado; *o departamento o qual está em análise vai ser reestruturado [o asterisco indica agramaticalidade]).




Gostaria de saber quando usamos a muito tempo e quando usamos há muito tempo.
Para exprimir o tempo decorrido, deverá usar sempre a construção com o verbo haver, isto é, há muito tempo. A expressão a muito tempo só é usada correctamente em contextos muito específicos em que a preposição a é seleccionada por outra palavra mas não há intenção de exprimir o tempo que já passou (ex.: Isso corresponde a muito tempo e não posso esperar; Dez dias para mim são equivalentes a muito tempo).