Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

banzo

banzobanzo | n. m. | adj.
1ª pess. sing. pres. ind. de banzarbanzar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ban·zo ban·zo


(origem duvidosa)
nome masculino

1. Cada uma das duas peças paralelas que suportam os degraus de um escada de mão.

2. Cada um dos dois braços longitudinais de uma estrutura ou armação (ex.: banzos do andor; banzos do esquife; banzos da maca).

3. Cada uma das duas travessas laterais de uma serra braçal.

4. Cada uma das peças longitudinais laterais do bastidor.

5. [Construção]   [Construção]  Cada uma das vigas paralelas de uma estrutura ou armadura em que se apoiam outras peças (ex.: banzos inferiores; banzo superior).

6. [Desporto]   [Esporte]  Cada uma das peças longitudinais das barras paralelas ou das barras assimétricas.

7. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Balaústre ou parapeito de varanda.

8. Nostalgia mortal ou patológica dos escravos negros africanos levados para longe da sua terra.

adjectivo
adjetivo

9. [Brasil]   [Brasil]  Que sente tristeza ou surpresa.


ban·zar ban·zar

- ConjugarConjugar

(alteração de balançar)
verbo intransitivo

1. Ficar espantado (por coisa que não tem fácil explicação).

2. Sentir nostalgia.

verbo transitivo

3. Espantar, surpreender.

pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

, AL , 1896 - Rio de Janeiro, 1969 )- Banzo , Oração do Guerreiro , Funeral d´um rei Nagô , Três canções de Natal...

Em Geopedrados

...de algum canto de alguma senzala, Das entranhas de seu corpo Brotam longe seu banzo e suspiro Um misto da beleza e da tragédia africana Que hoje ainda perdura...

Em Baú de Fragmentos: Enchendo esse mundo de causos

...Tavares ( Satuba , AL , 1896 - Rio de Janeiro, 1969 ) - Banzo , Oração do Guerreiro

Em Geopedrados

, AL , 1896 - Rio de Janeiro, 1969 )- Banzo , Oração do Guerreiro , Funeral d´um rei Nagô , Três canções de Natal...

Em Geopedrados

( @mardomeuamar) canta a negritude e o feminismo dentro do projeto BANZO , criado e estreado em 2017, que resume o processo de busca da cantora...

Em Blog da Sagrada Família
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




Gostaria de saber qual o plural de esfíncter: esfíncteres ou esfincteres? Tem ou não tem acento?
Os dois plurais de esfíncter estão abonados por obras de referência, e qualquer um deles é válido.

A flexão do plural provoca, em algumas palavras esdrúxulas terminadas em -r ou -n no singular, o deslocamento do acento tónico para a terceira sílaba a contar do fim da palavra (ex.: especímenes, plural de espécimen, lucíferes, plural de lúcifer) ou para a segunda sílaba a contar do fim da palavra (ex.: juniores, plural de júnior), uma vez que, em português, as palavras isoladas têm acentuação tónica numa das três últimas sílabas.

Aparentemente, por se tratar de uma palavra grave, não haveria necessidade de alterar a acentuação do plural da palavra esfíncter, mas Rebelo Gonçalves, no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), referência maior para a lexicografia portuguesa, regista esfincteres como plural de esfíncter, à semelhança de, por exemplo, caracteres, plural de carácter, que constitui um caso excepcional na língua. Esta é também a opção seguida pela a edição portuguesa do Dicionário Houaiss.

Outras importantes obras de referência, como o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa (Lisboa: Âncora Editora, 2001) e a maioria das obras lexicográficas publicadas em Portugal e no Brasil, registam no entanto esfíncteres como plural de esfíncter, não acrescentando esta palavra à reduzida lista de excepções.

pub

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/banzo [consultado em 28-10-2021]