Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

assomo

assomoassomo | n. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de assomarassomar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

as·so·mo |ô|as·so·mo |ô|


nome masculino

1. Acto de assomar.

2. Indício.

3. Aparência.

4. Ligeiro ataque.

5. Sintoma.

Plural: assomos |ô|.Plural: assomos |ô|.

as·so·mar as·so·mar

- ConjugarConjugar

verbo intransitivo

1. Aparecer (em sítio elevado).

2. Subir.

3. Principiar a manifestar-se, a deixar-se ver confusamente.

verbo pronominal

4. Ter assomo de ira.

5. Principiar a animar-se (com a bebida).

6. Colocar-se em alto.

Confrontar: assumir.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "assomo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


Agradecia que me informassem o significado e a origem das seguintes palavras: almosquia e cadaveiras.
Nenhum dos dicionários de língua portuguesa ao nosso dispor regista as palavras que refere, por isso assumimos que se trate de nomes próprios, mais especificamente de topónimos. Em relação a Almosquia, e apesar de termos tomado conhecimento, através de pesquisas na internet, de que existe um arruamento em Cascais com esse nome, não conseguimos encontrar qualquer informação etimológica. No que diz respeito a Cadaveiras, o Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa (Vol. I, Editorial Confluência, Lisboa, s. d. [1984], p. 306), da autoria do recentemente falecido José Pedro Machado, informa-nos de que o topónimo Cadaveira, que se pode encontrar nas regiões de Águeda, de Santiago do Cacém e na Galiza, provém do substantivo feminino cádava ou cadava, do qual derivará também o topónimo Cadaval.



Gostava de uma opinião sobre a seguinte frase:
1- O João entrou ao mesmo tempo que eu para a tropa.
2- O João entrou ao mesmo tempo que mim.
A dúvida colocada refere-se ao uso do pronome recto (ex.: eu) ou do pronome oblíquo (ex.: mim).

É necessário referir que os pronomes pessoais, além de se dividirem em pessoa (primeira, segunda ou terceira) e número (singular ou plural), dividem-se também consoante a sua função na frase, isto é, sujeito (ex.: eu visto uma camisola), complemento directo (ex.: vesti-me), complemento indirecto (ex.: deste-me uma camisola) ou complemento iniciado por preposição (ex.: isto é para mim?).

A expressão ao mesmo tempo que é uma locução conjuncional temporal, uma vez que tem uma função semelhante à conjunção quando. Uma vez que há uma correlação temporal com a frase subordinante (O João entrou na tropa), na frase subordinada temporal está subentendido o mesmo verbo (ao mesmo tempo que eu [entrei]), o que quer dizer que o pronome está a desempenhar a função de sujeito, pelo que deve ser utilizada a forma eu correspondente ao sujeito, e não a forma oblíqua mim.

pub

Palavra do dia

bi·po·la·ri·da·de bi·po·la·ri·da·de


(bipolar + -idade)
nome feminino

1. Qualidade do que é bipolar.

2. Estado do que tem dois pólos contrários.

3. [Psiquiatria]   [Psiquiatria]  Perturbação de humor caracterizada por alternância entre estados depressivos e estados de excitação eufórica.


SinónimoSinônimo Geral: BIPOLARISMO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/assomo [consultado em 30-03-2023]