PT
BR
Pesquisar
Definições



arrobe

A forma arrobepode ser [primeira pessoa e segunda pessoa plural e singular do presente infinitivo e do conjuntivo de arrobararrobar], [primeira pessoa e terceira pessoa plural e singular do presente e do futuro do conjuntivo e do indicativo de arrobararrobar], [terceira pessoa singular gerúndio e do imperativo de arrobararrobar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
arrobearrobe
|ô| |ô|
( ar·ro·be

ar·ro·be

)


nome masculino

1. Xarope produzido com sumo da amora, da uva ou de qualquer outra fruta.

2. Xarope ou doce produzido a partir do mosto da uva aquecido.

3. Geleia ou conserva de frutas.

etimologiaOrigem etimológica:árabe ar-rub, sumo de fruto, xarope.
arrobar1arrobar1
( ar·ro·bar

ar·ro·bar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Pesar às arrobas.

2. Sopesar.

3. Calcular o peso de.

etimologiaOrigem etimológica:arroba + -ar.
Confrontar: arroubar.
arrobar2arrobar2
( ar·ro·bar

ar·ro·bar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Adoçar, temperar ou misturar com arrobe.

etimologiaOrigem etimológica:arrobe + -ar.
Confrontar: arroubar.


Dúvidas linguísticas



Na frase Os únicos defeitos dela são ser chata e teimosa estou em dúvida quanto ao uso da palavra único no plural.
O substantivo defeito é masculino (ex.: o copo tem um defeito) e o adjectivo único concorda em género e número com o substantivo que modifica (ex.: nestas férias não leu um único livro, vendeu as únicas jóias que possuía), pelo que a frase Os únicos defeitos dela são ser chata e teimosa está correcta.



Não encontro em dicionários a palavra discursante. Será aceitável como sinónimo de discursista ou discursador?
Apesar de não se encontrar em nenhum dicionário consultado, a palavra discursante está registada pelo menos em duas obras de referência, no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, Lisboa, 2001) e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras, mas apenas como adjectivo (ex.: O convidado discursante enganou-se) e não como substantivo (ex.: O discursante enganou-se). No entanto, a palavra discursante segue as regras de boa formação da língua portuguesa e não há motivo, a não ser a tradição lexicográfica, para não poder ser sinónimo de discursista e de discursador, seja como substantivo seja como adjectivo.