Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

arrastem

3ª pess. pl. pres. conj. de arrastararrastar
3ª pess. pl. imp. de arrastararrastar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ar·ras·tar ar·ras·tar

- ConjugarConjugar

(a- + rasto + -ar)
verbo transitivo

1. Levar de rastos pelo chão.

2. Conduzir à força.

3. Levar após si.

4. Rojar.

5. Mover com dificuldade.

6. Obrigar, compelir.

verbo intransitivo

7. Andar de rastos.

8. Roçar pelo chão.

9. Rojar-se; humilhar-se.

10. Não ter elevação.

11. Decorrer monotonamente ou sem agrado.

12. [Marinha]   [Marinha]  Não obedecer ao leme.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "arrastem" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...o prazo-limite para as negociações, mas é muito provável que as conversações ainda se arrastem por mais alguns dias..

Em Fora-de-jogo

metais maiores e os do grupo no estrado arrastem instrumentos grandes como trombones ou tubas..

Em IND

novos, arrastem as apps necessárias da secção de trabalho para um dos ecrãs principais do smartphone...

Em www.appsdoandroid.com

Mas sem que as negociações se arrastem indefinidamente..

Em Devaneios a Oriente

Perante esta situação e com medo que as negociações se arrastem até ao fecho do mercado (5 de outubro), Alex Telles, avança a mesma fonte

Em Fora-de-jogo
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Não encontrei a palavra manicáca, que segundo alguns dicionários antigos (Porto Editora) significa afeminado.
A grafia correcta é manicaca ou menicaca. A grafia acentuada, manicáca, é considerada uma forma histórica, isto é, uma grafia que surgiu em textos mais antigos mas que hoje não é aceite como correcta (razão pela qual a editora que menciona, a Porto Editora, deixou de a incluir nos seus dicionários mais recentes).



Qual das expressões é a correcta: de forma a ou por forma a? Caso ambas estejam correctas, qual a diferença entre elas e quando usar uma ou outra?
As duas expressões estão correctas e são locuções prepositivas sinónimas, significando ambas “para”, “a fim de” ou “de modo a” e indicando um fim ou objectivo (ex.: procedeu cautelosamente de forma a/por forma a evitar erros), sendo a locução por forma a menos usada que de forma a, como se pode verificar pela pesquisa em corpora e motores de busca na internet. Ambas se encontram registadas em dicionários de língua portuguesa.

Estas duas expressões, construídas com a preposição a, pertencem a um conjunto de locuções (do qual fazem parte de modo a ou de maneira a) cujo uso é desaconselhado por alguns puristas, com o argumento de que se trata de expressões de influência francesa, o que, neste caso, não parece constituir argumento suficiente para as considerar incorrectas. Acresce ainda que, em qualquer dos casos, locuções prepositivas como de/por forma a, de maneira a ou de modo a desempenham a mesma função da preposição para, que neste contexto introduz frases subordinadas infinitivas adverbiais de fim (ex.: procedeu cautelosamente para evitar erros), da mesma forma que, com alterações ao nível dos tempos verbais, as locuções conjuncionais de/por forma que, de maneira que ou de modo que desempenham a função da locução conjuncional para que, que neste contexto introduz frases subordinadas finitas adverbiais de fim (ex.: procedeu cautelosamente para que evitasse erros). Não parece assim haver motivo para deixar de usar umas ou outras.

pub

Palavra do dia

guar·den·se guar·den·se


(Guarda, topónimo + -ense)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Relativo ou pertencente à cidade portuguesa da Guarda, no distrito com o mesmo nome.

nome de dois géneros

2. Natural ou habitante da Guarda.


SinónimoSinônimo Geral: EGITANIENSE

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/arrastem [consultado em 27-11-2021]