PT
BR
Pesquisar
Definições



admires

A forma admiresé [segunda pessoa singular do presente do conjuntivo de admiraradmirar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
admiraradmirar
( ad·mi·rar

ad·mi·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Olhar ou olhar-se com grande interesse (ex.: admirar uma obra de arte; admirar-se ao espelho). = CONTEMPLAR


verbo transitivo

2. Sentir respeito ou consideração (ex.: admiro o seu trabalho). = APRECIAR


verbo transitivo, intransitivo e pronominal

3. Causar ou sentir espanto, estranheza ou surpresa.

etimologiaOrigem etimológica:latim admiror, -ari.

Auxiliares de tradução

Traduzir "admires" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Agradeço que me informem como devo pronunciar a palavra maximizar, isto é, se deve ser macsimizar ou massimizar.
A letra -x- da palavra maximizar poderá ser pronunciada [ks] ou [s] e é esta a opção dos dicionários de língua que registam a transcrição fonética (por exemplo, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências ou do Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora), pois se por um lado deriva do adjectivo e substantivo máximo, cujo -x- se lê habitualmente [s] no português europeu, por outro tem alguma influência do inglês (maximise ou maximize) ou do francês (maximiser).



Numa frase em que se queira dizer para não continuar ou não voltar a ser escravo/servo de algo ou alguém, está correto "não sirvamos mais o.." ou "não sirvamos mais ao..."? Que opção está correta e porquê?
De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ou com o Novo Dicionário Aurélio, o verbo servir, nas acepções “trabalhar como servo”, “fazer de criado” ou “prestar serviços ou trabalhar como empregado”, pode ser transitivo indirecto, isto é, selecciona argumentos iniciados por preposição (ex.: deixou de servir àquela família), transitivo directo, isto é, selecciona objectos directos não iniciados por preposição (ex.: serviu a família durante 20 anos) e intransitivo, isto é, admite construções sem complemento nominal (ex.: ele estava ali para servir). Assim sendo, ambas as construções que refere podem ser consideradas correctas.