PT
BR
Pesquisar
Definições



admirar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
admiraradmirar
( ad·mi·rar

ad·mi·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Olhar ou olhar-se com grande interesse (ex.: admirar uma obra de arte; admirar-se ao espelho). = CONTEMPLAR


verbo transitivo

2. Sentir respeito ou consideração (ex.: admiro o seu trabalho). = APRECIAR


verbo transitivo, intransitivo e pronominal

3. Causar ou sentir espanto, estranheza ou surpresa.

etimologiaOrigem etimológica:latim admiror, -ari.

Auxiliares de tradução

Traduzir "admirar" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.