PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

tráfico

entrelopo | adj.

Que faz tráfico de contrabando....


De maneira que carece de comprovação ou confirmação (ex.: o indivíduo está alegadamente ligado ao tráfico de estupefacientes)....


Nas coisas espirituais ex.: qualquer tráfico in spiritualibus tem o nome de simonia....


meia-cara | n. 2 g.

Escravo que era importado por contrabando quando já estava proibido o tráfico....


comedoria | n. f.

Lucro obtido através de negócios ilícitos, de suborno ou tráfico de influências ou de outros meios ilegais ou duvidosos....


comércio | n. m.

Actividade de compra, troca ou venda de mercadorias, produtos, valores, etc....


comilagem | n. f.

Lucro obtido através de negócios ilícitos, de suborno ou tráfico de influências ou de outros meios ilegais ou duvidosos....


lenocínio | n. m.

Crime de aliciação para fim desonesto, nomeadamente para comércio sexual ou prostituição....


Tráfico de estupefacientes, especialmente de cocaína (ex.: combate ao narcotráfico)....


negreiro | adj. | n. m.

Relativo ao tráfico de negros (ex.: navio negreiro; comandante negreiro)....


tráfego | n. m.

Tráfico, negócio, comércio, trato mercantil....


tráfico | n. m.

Negócio ou actividade comercial ilegal (ex.: tráfico de droga)....


narcodólar | n. m.

Dólar resultante do tráfico de droga....


narcoestado | n. m.

Estado cujas instituições e economia dependem do tráfico de droga....


bancaria | n. f.

Ingerência dos banqueiros romanos no tráfico das bulas....




Dúvidas linguísticas



Pode-se utilizar a palavra exigencial? Ex.: selecção exigencial de componentes.
Apesar de o adjectivo exigencial não se encontrar registado em nenhum dos dicionários e vocabulários de língua portuguesa à nossa disposição, ele encontra-se bem formado a partir da aposição do sufixo -al ao substantivo exigência, pelo que o seu uso é possível e até muito frequente, como o revelam pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, especialmente em contextos relativos às áreas da construção e da engenharia civil, com o significado “que é relativo a ou que envolve uma exigência” (ex.: fizeram uma selecção exigencial dos novos materiais).



Porque escrevemos Henrique com um r e não dois rr? Qual a regra?
A ortografia é um conjunto de regras convencionadas e, na maioria das vezes, é o utilizador da língua que mais lê e mais consulta obras de referência, como dicionários, prontuários e afins, que melhor conhece essas regras e que melhor escreve. Há, no entanto, algumas indicações úteis, no caso da letra r:

a) O erre simples (r) representa o som [R] (consoante vibrante velar) em início de palavra (ex.: rasar, régua, rua), a seguir a uma vogal nasal (ex.: Henrique, honra, tenro), ou em início de sílaba a seguir a uma consoante (ex.: israelita, melro).

b) O erre simples (r) representa o som [r] (consoante vibrante alveolar) em contexto intervocálico, antecedido de vogal oral (ex.: cara, puro), nos grupos consonânticos br, cr, dr, fr, gr, pr, tr e vr (ex.: abrir, credo, coldre, fraco, grua, imprimir, latrina, nevrose), ou em final de sílaba (ex.: cargo, partir, querer, surto); o erre simples nunca representa o som [r] em início de palavra.

c) O erre dobrado (rr) representa sempre o som [R] e apenas em contextos intervocálicos (ex.: barra, errado, mirra, socorro, urro), nunca em início de palavra ou depois de consoante.


Ver todas