Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "ruderal" nas definições

roca-de-velha | n. f.
    Planta herbácea (Hedychium gardnerianum), vivaz, ruderal, da família das zingiberáceas, com rizomas tuberosos, folhas largas, alternas, de cor verde brilhante, flores amareladas, reunidas em inflorescências erectas, nativa da Ásia....

conteira | n. f.
    Planta herbácea (Hedychium gardnerianum), vivaz, ruderal, da família das zingiberáceas, com rizomas tuberosos, folhas largas, alternas, de cor verde brilhante, flores amareladas, reunidas em inflorescências erectas, nativa da Ásia....

bardana-menor | n. f.
    Planta herbácea (Arctium minus) da família das compostas, ruderal e geralmente unicaule, de folhas alternas pecioladas e flores rosadas ou violáceas, nativa da Europa....

ruderal | adj. 2 g.
    Que cresce espontaneamente à volta das habitações humanas, em baldios ou em escombros (ex.: espécie ruderal)....

Dúvidas linguísticas


Posso utilizar a expressão e/ou em um texto formal? Se não, como escrevê-la? Posso escrever e ou ou e, ou?
As palavras e e ou são conjunções coordenativas, isto é, relacionam termos que podem ter a mesma função na frase (ex.: vou comprar umas calças azuis e brancas; vou comprar umas calças azuis ou brancas), sendo que a conjunção e indica adição (ex.: calças azuis e brancas) e a conjunção ou indica alternativa (ex.: calças azuis ou brancas).

A expressão e/ou é utilizada para exprimir de maneira económica e clara três hipóteses, duas delas contidas numa alternativa (uma coisa ou outra) e a outra contida numa adição (uma coisa e outra). Por exemplo, numa frase como todos os utilizadores têm o direito de rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais, o texto destacado indica que é possível 1) a rectificação dos seus dados pessoais, 2) a eliminação dos seus dados pessoais, 3) a rectificação dos seus dados pessoais e a eliminação dos seus dados pessoais. Os pontos 1) e 2) estão contidos na alternativa com ou e o ponto 3) está contido na adição com e.

Não há qualquer motivo para a não utilização desta expressão num texto formal. A barra indica opcionalidade entre o e e o ou: rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais = rectificação e eliminação dos seus dados pessoais / rectificação ou eliminação dos seus dados pessoais.




Porque é que há uma insistência tão grande em dizer deslargar, destrocar, etc? Há alguma razão que eu desconheça? Na minha modesta opinião estas palavras são insultos à nossa bela língua portuguesa. Estarei certa?
O prefixo des-, para além de exprimir as noções de afastamento (ex.: desabafar, deslocar), negação ou privação (ex.: desacordar, desagradável), cessação (ex.: desimpedir, desacelerar) ou separação (ex.: descascar, desfolhar), é também utilizado na língua portuguesa como partícula de reforço. Assim, poderá encontrar em dicionários de português palavras como desabalar, destrocar ou desinquieto, registadas devido à sua frequência, apesar de serem geralmente aceitáveis apenas em contextos mais informais e na oralidade. O falante deverá sempre adequar a utilização destas palavras ao nível de língua apropriado.

Existem outros prefixos na língua com esta função de reforço. São os chamados prefixos protéticos, porque não acrescentam valores semânticos às palavras às quais se apõem (ex.: amostrar, assoprar).

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta


([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/ruderal [consultado em 26-01-2022]