Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "pedonal" nas definições

pedonal | adj. 2 g.
    Relativo a pedestre....

ciclopedonal | adj. 2 g.
    Relativo a pedestres e a ciclistas ou que só pode ser percorrido a pé ou em bicicleta (ex.: ligação ciclopedonal, pista ciclopedonal)....

pedonalizar | v. tr.
    Tornar uma via pública ou parte dela em área de circulação exclusiva para peões, sem tráfego motorizado (ex.: a proposta visa pedonalizar o centro histórico da cidade)....

via | n. f. | prep.
    Rua, caminho ou estrada (ex.: está uma grua a obstruir a via)....

Dúvidas linguísticas


No programa de hoje da R.T.P. " Bom Dia Portugal" na rubrica "Em bom português", questiona-se se deve dizer: duzentas gramas ou duzentos gramas? Afirma-se que a resposta correcta é: "duzentos gramas" porque grama é um submúltiplo do quilograma. Ora, eu tenho apenas a quarta classe do ensino primário de 1951, mas nesse tempo aprendi que grama, metro, caloria, etc. são unidades e quilograma, quilómetro, quilocaloria, etc, são múltiplos com mil unidades. Como gosto de falar o melhor Português, (dentro das minhas limitações literárias) gostaria de obter uma explicação, mais convincente ou de saber se, pela mesma razão, deve dizer-se "duzentos calorias"?
De facto, o argumento referido é pouco claro. O motivo por que a resposta é "duzentos gramas" é porque grama, enquanto unidade de medida, é um substantivo masculino, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. É por essa razão que quilograma, formado pela junção do prefixo quilo- ao substantivo grama, é masculino, e não o contrário.



Gostava de uma opinião sobre a seguinte frase:
1- O João entrou ao mesmo tempo que eu para a tropa.
2- O João entrou ao mesmo tempo que mim.
A dúvida colocada refere-se ao uso do pronome recto (ex.: eu) ou do pronome oblíquo (ex.: mim).

É necessário referir que os pronomes pessoais, além de se dividirem em pessoa (primeira, segunda ou terceira) e número (singular ou plural), dividem-se também consoante a sua função na frase, isto é, sujeito (ex.: eu visto uma camisola), complemento directo (ex.: vesti-me), complemento indirecto (ex.: deste-me uma camisola) ou complemento iniciado por preposição (ex.: isto é para mim?).

A expressão ao mesmo tempo que é uma locução conjuncional temporal, uma vez que tem uma função semelhante à conjunção quando. Uma vez que há uma correlação temporal com a frase subordinante (O João entrou na tropa), na frase subordinada temporal está subentendido o mesmo verbo (ao mesmo tempo que eu [entrei]), o que quer dizer que o pronome está a desempenhar a função de sujeito, pelo que deve ser utilizada a forma eu correspondente ao sujeito, e não a forma oblíqua mim.

Palavra do dia

pi·na·co·te·ca |é|pi·na·co·te·ca |é|


(latim pinacotheca, -ae, do grego pinakothêke, -és)
nome feminino

1. Museu de obras de pintura.

2. Colecção de obras de pintura.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/pedonal [consultado em 18-05-2022]