PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

intimidade

pegado | adj.

Ser muito da sua intimidade....


confidência | n. f.

Comunicação secreta, participação de um segredo ou intimidade....


proximidade | n. f. | n. f. pl.

Qualidade ou condição do que está próximo....


simbiose | n. f.

Vida em comum; intimidade entre duas pessoas....


privado | adj. | n. m.

Que diz respeito à intimidade de um indivíduo (ex.: pensamentos privados)....


liberdade | n. f. | n. f. pl.

Direito de um indivíduo proceder conforme lhe pareça, desde que esse direito não vá contra o direito de outrem e esteja dentro dos limites da lei....


cabida | n. f.

Valimento, intimidade de relações....


contubérnio | n. m.

Tratamento ou convívio sem cerimónia e com intimidade....


familiar | adj. 2 g. | n. m.

Que estabelece ou com que se estabelece uma relação de intimidade (ex.: vizinho muito familiar)....


intimidade | n. f.

Qualidade do que é íntimo, essencial....


íntimo | adj. | n. m.

Que goza de intimidade....


trato | n. m. | n. m. pl.

Convivência; intimidade....


privança | n. f.

Estado de quem é favorito ou valido; intimidade....


intimismo | n. m.

Qualidade ou carácter do que é íntimo ou revela intimidade....


química | n. f.

Ramo da química que compreende o estudo das reacções que se efectuam na intimidade dos tecidos orgânicos....


roupa | n. f.

Discutir, fazendo acusações e revelando publicamente intimidades, segredos ou outros assuntos privados....



Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Tenho uma dúvida sobre o uso do acento grave (chamamos de crase aqui no Brasil). Um amigo me disse que pode-se escrever à favor, alegando que é opcional o uso da crase em locuções adverbiais. Ele está correto?
A crase à é uma contracção da preposição a com o artigo definido feminino a. Para haver o uso desta crase, é necessário que haja um substantivo feminino a seguir que justifique o uso do artigo definido feminino (ex.: estava à frente = estava a[PREP]+a[ART] frente; foi à caça = foi a[PREP]+a[ART] caça). Não poderá usar a crase numa expressão como a favor, pois favor é um substantivo masculino e nunca poderia ser antecedido do artigo definido feminino a. Em alguns casos poderá haver uso de crase antes de substantivos masculinos, mas apenas em situações muito específicas, em que se pode subentender locuções como moda de ou maneira de (ex.: coelho à [maneira do] caçador).
Sobre este assunto, poderá também consultar outras respostas em regência verbal e nominal, graças a deus e crase em intervalo temporal.


Ver todas