Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

familiar

familiarfamiliar | adj. 2 g. | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

fa·mi·li·ar fa·mi·li·ar


(latim familiaris, -e)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Relativo a família (ex.: laços familiares; problema familiar). = CASEIRO, DOMÉSTICO

2. Que estabelece ou com que se estabelece uma relação de intimidade (ex.: vizinho muito familiar). = ÍNTIMO

3. Que não tem grande formalidade, nem grandes adornos (ex.: ambiente familiar; convívio familiar). = HABITUAL, SEM-CERIMÓNIA, SIMPLES, USUAL

4. Que já foi visto, ouvido ou conhecido antes (ex.: cara familiar; conceito familiar; nome familiar).

5. [Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]  Que é usado em família ou em ambiente de intimidade ou informalidade (ex.: linguagem familiar; registo familiar). = INFORMAL

nome masculino

6. Pessoa da família.

7. Pessoa com a qual há intimidade ou grande proximidade. = ÍNTIMODESCONHECIDO, ESTRANHO

8. Pessoa que presta serviços domésticos. = CRIADO, EMPREGADO

9. [Religião]   [Religião]  Confrade de comunidade religiosa.


familiar do Santo Ofício
[História religiosa]   [História religiosa]  Oficial que prendia as vítimas da Inquisição.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "familiar" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Na faculdade na qual eu e meus companheiros de classe estudamos, foi aberto uma enquete se a palavra scannear é uma palavra autenticada nos dicionários da língua portuguesa e se é correto utilizá-la no dia-a-dia.
Os dicionários brasileiros de língua portuguesa, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Editora Objetiva, Rio de Janeiro, 2001) ou o Novo Dicionário Aurélio (Positivo, Curitiba, 2004), registam o verbo escanear (com a conjugação regular eu escaneio, tu escaneias, ele escaneia, etc.) e não a forma scanear, pois a sequência consonântica sc em início de palavra não é usual no português do Brasil. O Dicionário Houaiss regista ainda os vocábulos escaneador, escaneadora, escaneamento e escâner. Há dicionários portugueses, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, Lisboa, 2001) ou a versão portuguesa do Dicionário Houaiss (Círculo de Leitores, Lisboa, 2002), que registam as formas scâner, scanerização e scanerizar, sem a letra e inicial, reflectindo assim na escrita o fenómeno de consonantização (tendência para a redução de segmentos vocálicos) no português de Portugal.
Uma vez que estamos perante a formação de novos vocábulos que ainda levantam muitas dúvidas aos falantes e cuja forma ainda não se fixou e generalizou, podemos verificar, através de pesquisas em corpora e na internet, que existem actualmente várias grafias para esse verbo (ex.: scannear, scanniar, scaniar, escanear, escaniar, escanniar, escannear, etc.). É óbvio que nem todas estas grafias são aceitáveis, visto que não estão de acordo com o sistema ortográfico da língua portuguesa, mas é natural que em casos de neologismos leve algum tempo até se fixar uma forma gráfica (normalmente através de registo lexicográfico).




É correto dizer "sói acontece"? Ou seria "sói acontecer"?
O verbo soer, sinónimo de costumar ou ser frequente, é actualmente de uso raro na língua, conjugando-se principalmente nas terceiras pessoas do presente (sói, soem) e do pretérito imperfeito (soía, soíam) do indicativo.

Pesquisas em corpora e em motores de busca revelam uma frequência mais elevada deste verbo nos séculos XV e XVI, nomeadamente em obras de autores como Fernão Lopes, Garcia de Resende, Bernardim Ribeiro, João de Barros ou Luís de Camões, ocorrendo em construções transitivas, sobretudo com orações infinitivas (ex.: que reis e duques soíam temer), e intransitivas (ex.: e ali folgou o rei mais do que soía; que os navios fossem e voltassem como soíam).

Presentemente, o emprego do verbo soer é essencialmente erudito, recaindo maioritariamente em construções com orações infinitivas como complemento directo (ex.: um filme alternativo, como sói dizer-se; a figura do professor, que soía ser uma referência, tem vindo a esbater-se) ou como sujeito (ex.: soía fazer frio no Inverno, mas agora nem as aves migram).

pub

Palavra do dia

a·ne·mo·gra·fi·a a·ne·mo·gra·fi·a


(anemo- + -grafia)
nome feminino

[Meteorologia]   [Meteorologia]  Descrição dos ventos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/familiar [consultado em 21-06-2021]