PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

ferrado

alça | interj.

Expressão empregada especialmente para mandar levantar as patas às bestas ao ferrá-las....


aferrado | adj.

Preso com ferro, ancorado....


alabardino | adj.

Que tem a forma de ferro da alabarda....


Diz-se de um ácido composto de ácido cianídrico e cianeto de ferro....


escócio | adj.

Da Escócia (diz-se de uma qualidade de ferro ordinário)....


farrusco | adj.

Que está sujo de carvão, de fuligem ou de outra substância escura (ex.: cara farrusca)....


ferrenho | adj.

Da cor ou da rijeza do ferro....


ferrífero | adj.

Que encerra ferro ou sais de ferro....


lanceolado | adj.

Que tem a forma do ferro da lança....


jazerino | adj.

Relativo à jazerina....


marcial | adj. 2 g.

Relativo a guerra....


passeado | adj.

Pisado com os pés calçados de socos ou sapatos ferrados (no lagar)....


sidero- | elem. de comp.

Exprime a noção de metal (ex.: siderotecnia)....


máfico | adj.

Que é rico em magnésio e em ferro (ex.: rochas máficas)....



Dúvidas linguísticas



Como se deve dizer? Filhó (singular) Filhós (plural) ou Filhós (singular) Filhoses (plural)?
A palavra filhós, por analogia com palavras terminadas pelo mesmo som (ex.: retrós, voz), forma o plural filhoses (ex.: escolheu a filhós mais pequena; as filhoses ainda estão quentes). Trata-se de uma variante da palavra filhó que, por sua vez, forma o plural filhós (ex.: a filhó é um doce típico do Natal; comeu duas filhós). Ao processo de uma forma plural passar a ser empregue para designar também o singular, Evanildo Bechara dá o nome de "plural cumulativo" (ver Moderna Gramática Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002, pp. 128-129). O mesmo fenómeno acontece com os substantivos ilhó e ilhós, eiró e eirós, lilá e lilás, por exemplo.

Apesar de alguns autores condenarem o uso da forma filhós para designar o singular, a mesma e o respectivo plural filhoses surgem atestados nas principais obras lexicográficas de língua portuguesa, como o Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001 / Lisboa: Círculo de Leitores, 2002).




Há uma espécie de competição na qual são realizadas três provas de três diferente esportes e que recebe o nome de triátlon. Qual seria a definição para uma competição com dois esportes distintos: diátlon ou biátlon?
Como pode constatar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, uma competição que reúne duas provas distintas pode ser referida como diatlo, diátlon, biatlo ou biátlon. Estas duas últimas formas são consideradas hibridismos, uma vez que o elemento de formação bi- é de origem latina (bis, que significa “duas vezes”) e -atlo/-átlon é de origem grega (áthlon, que significa “prova desportiva”). Os hibridismos são geralmente desaconselhados pelos gramáticos, daí que as formas diatlo e diátlon sejam consideradas preferenciais, uma vez que o elemento compositivo di- é, tal como -atlo/-átlon, de origem grega.

Ver todas