PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

discriminação

Acto ou efeito de discriminar (ex.: o exercício envolve discriminação visual)....


Operação administrativa que consiste em determinar o número dos habitantes de um país, de uma cidade, com discriminação de sexo, nacionalidade, profissão, etc.; o mesmo que censo....


classismo | n. m.

Discriminação baseada na classe social....


aclassismo | n. m.

Ausência de discriminação baseada na classe social....


ancianismo | n. m.

Discriminação dos idosos....


apartheid | n. m.

Discriminação semelhante ao apartheid sul-africano....


sexismo | n. m.

Discriminação baseada em critérios sexuais....


capacitismo | n. m.

Discriminação de pessoas com algum tipo de deficiência....


trivializar | v. tr. e pron.

Tornar ou tornar-se trivial; tirar ou perder o carácter excepcional ou raro (ex.: não podemos trivializar a discriminação; a Internet trivializou-se)....


idadismo | n. m.

Discriminação baseada em critérios de idade, especialmente em relação às pessoas mais velhas....


etarismo | n. m.

Discriminação baseada em critérios de idade, especialmente em relação às pessoas mais velhas....


Que foi alvo de discriminação ou de tratamento desigual ou injusto....


wokismo | n. m.

Movimento ideológico que defende uma tomada de consciência e a intervenção face a questões de discriminação ou injustiça social....


woke | adj. 2 g. 2 núm. n. 2 g.

Que ou quem se mostra alerta e interventivo, por vezes com abordagens consideradas extremadas, em relação a questões de discriminação ou injustiça social, em particular as que afectam pessoas pela sua identidade étnico-racial, religiosa ou de género....



Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




O correto é ele/ela demostrou ou demonstrou? Ou ambas as formas estão corretas?
Ambas as formas demostrar e demonstrar estão correctas, como pode verificar pelas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. No entanto, a forma preferencial é demonstrar, pois este verbo deriva da palavra latina demonstrare.

Pesquisas em corpora e em motores de pesquisa da Internet revelam também que a variante demonstrar tem um uso bastante mais frequente que a forma demostrar.


Ver todas