Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

MP3

MP3MP3 | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

MP3 MP3


(sigla do inglês MPEG-1 Audio Layer-3)
nome masculino

1. [Informática]   [Informática]  Formato de compressão de áudio, que permite ficheiros de pequena dimensão, mas com preservação da qualidade do som.

2. [Informática]   [Informática]  Ficheiro com esse formato.

3. [Informática]   [Informática]  Aparelho que serve para reproduzir esse tipo de ficheiros.

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

: Russian,Chinese (Traditional),English,Chinese (Simplified) Special Features: FM Transmitter, MP 3 Pla 18+ Electric Wheelchair Wiring Diagram. A wiring layout is a simple visual representation of the physical links and also physical layout of an electrical system or circuit. It demonstrates h... 18+ Electric

Em Luiz Martins

José Mariano Batista de Souza, acusado pelo Ministério Público da Bahia ( MP -BA) de fazer grilagem de terras há mais de 20 anos, é apontado como integrante de um esquema de ocupação ilegal e degradação do meio ambiente no Vale do Capão, na Chapada Diamantina, região turística no interior da Bahia

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação

Thatcher . The republican movement initially struggled to generate public support for the second hunger strike. The Sunday before Sands began his strike, 3 ,500 people marched through west Belfast; during the first hunger strike four months earlier the marchers had numbered 10,000. Five days into the strike

Em Geopedrados

Mall Simple Design Wooden Bed Qa02 View Foshan Furniture Mall Zoe Product Details From Foshan Qiaoyi Furniture Co Ltd On Alibaba Com Diy Beds 15 You Can Make Yourself Bob Vila New Chinese Solid Wood Bed 1 8m Double Bed Modern Simple 1 5m High Box Storage 3 Indiamart Indian Manufacturers Suppliers

Em Luiz Martins

gedragen worden. This is jurk stippen zwart- mp 4-1 by Vilmar Bliekendaal on Vimeo the home for high quality videos and the people who love them. Finde was du suchst - abwechslungsreich vielfältig. Deze ruimvallende jurk heeft een ronde hals met V-snit. Anna Dames Jurk met stippen Groen. 100 Producten per

Em poeirasglass
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de ser esclarecido, ou ver discutida a questão, quanto à forma correcta de escrever a palavra portuguesa que se refere aos órgãos de comunicação social como sector, ou seja, media. Ou será média? Ex: Educação para os Média ou Educação para os Media? Ou Os media portugueses ou Os média portugueses?
A questão colocada diz respeito à problemática do aportuguesamento de palavras estrangeiras, neste caso do inglês media, para designar os meios de comunicação social de massas, cujo alcance pode verificar-se na maneira como as obras lexicográficas para o português europeu tratam o assunto.

O Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, regista as formas media e média como substantivo masculino plural. O Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (2001) registou o substantivo masculino plural media, não aportuguesando a ortografia, mas com a pronúncia aportuguesada em ['m3], como a vogal de pé, diferente da pronúncia ['mi], do inglês e do substantivo feminino mídia, consagrada nas obras lexicográficas para o português do Brasil. O Dicionário Houaiss, na sua edição portuguesa (2002), remete a forma media para média, como substantivo masculino de dois números (ex.: o semanário é um média de referência; os média trataram o assunto de forma heterogénea), observando que "apesar de o plural regular ser médias, em Portugal está consagrado o uso do plural latino na forma média (s.m.pl.)". O Grande Dicionário Língua Portuguesa (2004) admite apenas o substantivo média como plural, não registando sequer a forma media. O Dicionário Verbo Língua Portuguesa (Lisboa: Verbo, 2006) regista apenas media, à semelhança do Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, como de resto acontece em grande número de opções do dicionário.

O panorama acima parece indicar que há uma tendência para a estabilização da forma média como substantivo masculino plural, mas a pesquisa em corpora e motores de busca da internet indica que a ocorrência da forma media continua a ser muito superior à de média, no mesmo contexto. Não havendo consenso no registo lexicográfico, a decisão de utilização de uma ou outra forma caberá sempre ao utilizador da língua, devendo este manter a opção que tomar, pelo menos dentro do mesmo texto ou documento, por uma questão de coerência ortográfica. No caso de optar pela forma media, deverá utilizar o itálico ou as aspas como forma de assinalar que se trata de um estrangeirismo, o que neste caso é especialmente importante, uma vez que a forma media é ambígua com formas do imperfeito do verbo medir (eu/ele media). Como argumento adicional para a coerência ortográfica na escolha da forma a adoptar poderá estar também o facto de a palavra multimédia, cuja origem etimológica é análoga à de media > média, estar registada com esta forma em todos os dicionários acima referidos, sem que nenhum deles registe a forma inglesa multimedia.




Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.

pub

Palavra do dia

ma·nau·a·ra ma·nau·a·ra


(Manaus, topónimo + -ara)
adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

Relativo a Manaus, capital do estado brasileiro do Amazonas, ou o seu natural ou habitante. = MANAUENSE

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/MP3 [consultado em 24-10-2021]