Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Eos

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.
dos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)
dós (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)
ecos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)
egos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)
eis (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)
elos (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)
eros (norma brasileira)
rós (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico)
sós (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira)

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se a palavra real admite duas formas de plural: réis e reais, assim como mel, temos: méis e meles?
Efectivamente a palavra real admite o plural réis (não confundir com reis, plural de rei), mas apenas na acepção de antiga unidade monetária de Portugal e do Brasil. Nas restantes acepções de adjectivo e de substantivo masculino, incluindo a da actual unidade monetária do Brasil, só é admitida a forma plural reais. Não se trata assim de um duplo plural, ao contrário do caso de mel.



Em "Ninguém te vai agradecer", qual a função sintáctica de te? Será complemento indirecto?
O pronome pessoal te pode desempenhar função de complemento directo (ex.: vi-te ontem) ou de complemento indirecto (ex.: dei-te um beijo). No caso em apreço, o pronome te desempenha a função de complemento indirecto, uma vez que corresponde à pronominalização de uma construção do verbo agradecer como transitivo indirecto, com a preposição a (agradecer-te = agradecer a ti), podendo ocorrer com um complemento directo (ex.: ninguém te vai agradecer o favor = ninguém to vai agradecer).
Para determinar a função sintáctica deste pronome, é útil substituir a segunda pessoa gramatical (tu > te) pela terceira (ele > o/lhe), pois neste caso o complemento directo e o complemento indirecto têm formas diferentes, o para o complemento directo, lhe para o complemento indirecto (ex.: ninguém vai agradecer o favor ao rapaz > ninguém lhe vai agradecer o favor / *ninguém o vai agradecer o favor; o asterisco indica agramaticalidade).

Para dúvidas deste teor, poderá consultar uma obra como o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses, dirigido por João Malaca CASTELEIRO (Lisboa: Texto Editores, 2007), que contém a explicitação das funções sintácticas de cada verbo.

Palavra do dia

es·ta·me·nha es·ta·me·nha


(latim staminea, feminino de stamineus, -a, -um, filamentoso)
nome feminino

1. Tecido grosseiro de lã.

2. Hábito de frade, geralmente feito desse tecido. = BUREL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Eos [consultado em 06-10-2022]