Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

vender

vendervender | v. tr. | v. pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ven·der |ê|ven·der |ê|

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Ceder, mediante preço convencionado.

2. Alienar.

3. Trair, denunciar por interesse.

verbo pronominal

4. Alienar a sua liberdade por certo preço.

5. Praticar, por interesse, actos indignos.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "vender" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...1987 pela Geffen Records , não obteve muito sucesso de início, mas começou a vender assim que a banda iniciou turnês pela América do Norte como abertura para grandes...

Em Geopedrados

O Sporting ainda terá de vender no defeso, até para financiar os reforços, mas nunca será a preço de saldo..

Em Fora-de-jogo

jovens e a ordem passa por não vender em saldos..

Em Fora-de-jogo

...falta de lotes, seja pelas frustrações de safra, seja pelo receio do produtor em vender ..

Em Caderno B

Acabei de vender um carro que tive e amei por 13 anos..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se a palavra secalhar existe, como sinónimo de provavelmente. Há quem use em separado (Como está a chover, se calhar hoje não há ensaio), mas a versão Como está a chover, secalhar hoje não há ensaio é correcta?
A locução se calhar pode, de facto, ser sinónimo de provavelmente, mas sempre como duas palavras separadas, pois trata-se da conjunção condicional se e do verbo calhar. Se estiver numa só palavra, trata-se de um erro ortográfico.



Gostaria que me explicassem qual das expressões é a correta:
"Isto não tem nada a ver com aquilo."
"Isto não tem nada haver com aquilo."
Das frases que menciona, apenas a primeira (isto não tem nada a ver com aquilo) está correcta, pois, neste caso, a locução ter a ver com significa "estar relacionado com" ou "dizer respeito a" (ex.: fisicamente, o filho não tem nada a ver com o pai; quem disse que eu tenho alguma coisa a ver com essa história?). A segunda frase (*isto não tem nada haver com aquilo) está incorrecta e a dúvida resulta da semelhança fonética do verbo haver com a sequência a ver da locução ter a ver com.

É também a proximidade fonética entre ter a ver (com) e ter a haver que está na origem de outra dúvida muito semelhante, comum a muitos falantes de português, a que já respondemos aqui. É o caso em que a locução ter a ver (com) é confundida com a locução ter a haver, muito mais rara, que significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: a senhora ainda tem troco a haver; já recebi tudo, não tenho mais nada a haver). Nesse caso, qualquer frase decorrente de uma estrutura como ela não tem nada a _____ [ver/haver] com aquilo, é correcta: ela não tem nada a ver com aquilo significa “ela não tem relação com aquilo; aquilo não lhe diz respeito”; ela não tem nada a haver com aquilo significa “ela não recebe nada com aquilo”. No entanto, é altamente provável que, no caso dessa estrutura, a intenção seja indicar que o assunto ou a situação de que se está a falar [aquilo] não diz respeito ao interlocutor ou ao sujeito de quem se fala, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase isto não tem nada a ver com aquilo.

pub

Palavra do dia

ru·be·ta |ê|ru·be·ta |ê|


(latim rubeta, -ae)
nome feminino

[Zoologia]   [Zoologia]  Anfíbio anuro, geralmente de corpo verde e ventre branco, que pode ser encontrado na Europa e em África. = RÃ-DAS-MOITAS, RELA, RAINETA, REINETA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/vender [consultado em 28-07-2021]