Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

vela

velavela | n. f.
velavela | n. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de velarvelar
2ª pess. sing. imp. de velarvelar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ve·la |é|ve·la |é|1


(latim vela, -orum, plural de velum, -i, pano, reposteiro, cortina, véu, máscara)
nome feminino

1. Pano forte e resistente que se prende aos mastros para fazer andar as embarcações, ou aos braços dos moinhos de vento para os fazer girar.Ver imagem

2. [Figurado]   [Figurado]  Embarcação dotada desse pano e movida pela força do vento.

3. [Desporto]   [Esporte]  Modalidade desportiva que compreende disciplinas com embarcações dotadas de vela.

4. [Astronomia]   [Astronomia]  Constelação austral. (Geralmente com inicial maiúscula.)


à vela
Com as velas desfraldadas.

[Informal]   [Informal]  Em fralda de camisa.

[Informal]   [Informal]  Sem roupa. = DESCOBERTO, DESPIDO

ir de vela
[Informal]   [Informal]  Ir embora, desaparecer.

vela de balão
[Náutica]   [Náutica]  Grande vela de proa triangular, leve e côncava, utilizada em veleiros de recreio nas mareações a partir de bolina folgada. = BALÃO

vela latina
[Náutica]   [Náutica]  Vela, triangular ou quadrangular, que tem um dos lados preso ao mastro ou mastaréu.

vela redonda
[Náutica]   [Náutica]  Vela de verga.Ver imagem


ve·la |é|ve·la |é|2


(derivação regressiva de velar)
nome feminino

1. Acto de velar. = VELADA, VELADURA, VIGÍLIA

2. Privação de sono durante a noite. = INSÓNIA, VIGÍLIA

3. Pessoa que vela ou vigília. = SENTINELA

4. Peça de cera, sebo ou estearina, com uma torcida ou pavio no centro e que serve para dar luz.Ver imagem

5. [Cirurgia]   [Cirurgia]  Aparelho, em forma de cilindro, empregado como sonda.

6. [Farmácia]   [Farmácia]  Fórmula farmacêutica que tem como excipiente uma substância gorda destinada a fundir ao calor do organismo e que, introduzida no ânus, na uretra ou em outros canais estreitos, serve de veículo a diversos medicamentos.

7. [Física, Metrologia]   [Física, Metrologia]  Unidade de medida de intensidade luminosa.

8. [Mecânica]   [Mecânica]  Peça dos motores de explosão onde se produz a faísca eléctrica, destinada a queimar os vapores da essência motriz.


segurar a vela
Fazer companhia a um casal de namorados.

vela eléctrica
[Antigo]   [Antigo]  Conjunto de carvões que, em aparelhos de iluminação, produzem a luz eléctrica.


ve·lar ve·lar 2

- ConjugarConjugar

(latim velo, -are)
verbo transitivo

1. Cobrir com véu.

2. Tapar com alguma coisa a modo de véu.

3. Não deixar ver, interceptar.

4. [Pintura]   [Pintura]  Cobrir com cor leve para deixar transparecer a superfície ou a tinta inferior.

verbo pronominal

5. Cobrir-se com véu.

6. Encobrir-se, ocultar-se.

7. Anuviar-se.

8. Toldar-se, perder a sonoridade.


ve·lar ve·lar 1

- ConjugarConjugar

(latim vigilo, -are)
verbo transitivo

1. Estar de vigia a, estar de guarda a, geralmente durante as horas habitualmente dadas ao sono. = VIGIAR

2. [Figurado]   [Figurado]  Proteger.

3. Proteger.

4. Não abandonar.

5. Interessar-se com vigilante zelo.

6. Exercer vigilância sobre.

verbo intransitivo

7. Passar a noite ou parte dela sem dormir.

8. Fazer serão prolongado.

9. Conservar-se aceso (ex.: uma luz velava).

10. Estar sempre vigilante.

11. [Figurado]   [Figurado]  Conservar-se no constante exercício das suas funções.

verbo pronominal

12. Vigiar-se, acautelar-se.


ve·lar ve·lar 3


(latim velum, -i, pano, cortina, máscara, véu + -ar)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. [Anatomia]   [Anatomia]  Relativo ao palato mole ou véu palatino.

2. [Fonética]   [Fonética]  Que se articula com aproximação da língua ao palato mole (ex.: [g] e [k] são consoantes oclusivas velares). = LINGUOVELAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "vela" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


Verifiquei que o dicionário Priberam já foi adequado às novas regras de ortografia vigentes e que a palavra pára-lamas é grafada para-lamas depois de aplicado o Acordo Ortográfico. No entanto, no dicionário consta que a palavra paraquedas fica grafada junta, o que parece ser um contrassenso com a palavra para-lamas.
Os compostos do tipo verbo + substantivo são geralmente hifenizados (ex.: cata-vento, guarda-roupa, lava-louça, tapa-olhos, etc.), como aliás se verifica no exemplário do ponto 1.º da Base XV do Acordo Ortográfico de 1990. No entanto, em observação a este ponto, o texto do acordo prevê como excepção a queda do hífen em mandachuva e paraquedas, considerando que, nestes dois casos, se perdeu "a noção de composição”, o que contraria a tradição lexicográfica (portuguesa e brasileira), que usualmente regista estes vocábulos hifenizados. Estes compostos aglutinados surgem como excepção para a hifenização, mas a lista de excepções contém "etc.", lançando a dúvida se as excepções podem ser estendidas a palavras do mesmo paradigma (com a forma verbal para ou com a forma verbal manda). A Priberam considerou apenas como excepções as palavras explicitadas, não estendendo a excepção a palavras do mesmo paradigma (ex.: para-lamas, para-brisas).
Aparentemente, o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de Letras (São Paulo: Global, 2009) confirmou as opções tomadas pela Priberam neste ponto, excepto em alguns casos como vaga-lumear, que o VOLP regista inexplicavelmente vagalumear, ao contrário do que faz com vaga-lume.

O texto do Acordo de 1990 não prevê soluções para muitos dos problemas que cria e é lacunar, ambíguo ou incoerente em alguns aspectos, pelo que foi necessário definir linhas gerais explícitas e fornecer ao utilizador a explicação de algumas opções tomadas pela Priberam, quer na adaptação do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa ao Acordo Ortográfico, quer nas novas versões dos correctores ortográficos do FLiP. Essas opções estão disponíveis em https://www.priberam.pt/docs/CriteriosFLiPAO.pdf.





Gostaria de saber qual a diferença entre os sons vozeados e os sons não vozeados da língua portuguesa.
Os sons vozeados ou sonoros são sons produzidos com vibração das cordas vocais. No português, são vozeadas todas as vogais e as consoantes [b] como em boi, [d] como em dar, [g] como em gato, [v] como em ovo, [z] como em zero, [[] como em cujo, [r] como em caro, [R] como em carro, [l] como em pala, [Y] como em ilha, [m] como em comer, [n] como em nada e [V] como em lenha.

Os sons não vozeados ou surdos são sons produzidos sem vibração das cordas vocais. No português, são não vozeadas as consoantes [p] como em pôr, [t] como em ter, [k] como em cão, [f] como em fava, [s] como em circo e [1] como em duche.

Para mais exemplos, ver também Classificação das consoantes e Classificação das vogais na Gramática da Língua Portuguesa On-Line.

pub

Palavra do dia

ho·rar ho·rar


(hora + -ar)
verbo intransitivo

[Informal]   [Informal]  Esperar ou deixar passar o tempo até uma hora em que algo acontece ou termina. = FAZER HORAS, FAZER TEMPO

Confrontar: orar.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/vela [consultado em 08-12-2022]