Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
vãovão | adj. | s. m.
3ª pess. pl. pres. ind. de IrIr
3ª pess. pl. imp. de IrIr
3ª pess. pl. pres. conj. de IrIr
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

vão vão
adjectivo
adjetivo

1. Vazio; oco.

2. Inútil, baldado.

3. Sem valor; ilusório, sem fundamento real.

4. Fútil.

5. Frívolo.

6. Vanglorioso.

7. Falso.

8. Ignorante.

9. Fantástico.

10. Ineficaz.

substantivo masculino

11. Espaço vazio.

12. Abertura formada na parede por porta ou janela.

13. Jogo de tabuinhas ou de cortinas pertencente a uma porta ou a uma janela.

14. [Brasil: Norte]   [Brasil: Norte]  Região clavicular; ápice do pulmão.

15. [Brasil: Goiás]   [Brasil: Goiás]  Vale, depressão entre montanhas.


em vão
Sem apoio, em falso; baldadamente, inutilmente.

Feminino: vã. Plural: vãos.Feminino: vã. Plural: vãos.

Ir Ir 2
símbolo

[Química]   [Química]  Símbolo químico do irídio.


ir ir 1 - ConjugarConjugar
(latim eo, ire)
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Passar ou ser levado de um lugar para outro, afastando-se.VIR

verbo transitivo

2. Deslocar-se até um lugar para lá permanecer (ex.: foi para Londres quando tinha 10 anos).VIR

3. Deslocar-se a um local para fazer algo (ex.: amanhã quero ir ao cinema).

4. Andar, caminhar, seguir.

5. Ter certo lugar como destino (ex.: o avião vai para Casablanca).

6. Ser usado com determinado propósito (ex.: o dinheiro do subsídio de férias irá para a revisão do carro).

7. Formar um conjunto harmonioso (ex.: essas cores vão bem uma com a outra). = COMBINAR, DAR

8. Abranger, estender-se (ex.: o parque vai até ao outro lado da cidade).

9. Investir, chocar (ex.: o carro foi contra o poste).

10. [Informal]   [Informal]  Tomar parte em. = PARTICIPAR

11. Ter decorrido ou passado (ex.: já lá vão cinco anos desde que a acção foi posta em tribunal).

12. Seguir junto. = ACOMPANHAR

13. Agir de determinada maneira (ex.: ir contra as regras).

14. Escolher determinada profissão ou área de estudos (ex.: ir para engenharia; ir para dentista).

15. Frequentar; ingressar (ex.: o menino já vai à escola). = ANDAR

verbo pronominal

16. Desaparecer, gastar-se (ex.: o salário foi-se; a minha paciência vai-se rápido).

17. Deixar de funcionar (ex.: o telemóvel foi-se). = AVARIAR

verbo intransitivo e pronominal

18. Morrer.

19. Deixar um local (ex.: os alunos já se foram todos). = PARTIRCHEGAR

verbo intransitivo

20. Ser enviado (ex.: a carta já foi).

verbo copulativo

21. Evoluir de determinada maneira (ex.: o trabalho vai bem). = DESENROLAR-SE

22. Dirigir-se para algum lugar em determinado estado ou situação (ex.: os miúdos foram zangados).

verbo auxiliar

23. Usa-se, seguido de um verbo no infinitivo, para indicar tempo futuro ou passado (ex.: vou telefonar; onde foste desencantar estas roupas?).

24. Usa-se, seguido de um verbo no infinitivo, precedido pela preposição a, ou seguido de um verbo no gerúndio, para indicar duração (ex.: o cão ia a saltar; o tempo vai passando).


ir abaixo
Desmoronar-se (ex.: o prédio foi abaixo com a explosão). = VIR ABAIXO

ir-se abaixo
Ficar sem energia ou sem ânimo.

ou vai ou racha
[Informal]   [Informal]  Expressão indicativa da determinação de alguém em realizar ou concluir algo, independentemente das dificuldades ou do esforço necessários. = CUSTE O QUE CUSTAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "vão" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Qual o plural de "cor de laranja"?
A locução cor de laranja pode ser usada como adjectivo ou como substantivo masculino, como pode verificar no Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa.

Como adjectivo, a locução não flexiona, sendo usada a mesma forma para o masculino e para o feminino, tanto no singular como no plural (ex.: casaco cor de laranja; blusa cor de laranja; sandálias cor de laranja; sapatos cor de laranja).

Como substantivo masculino (ex.: o cor de laranja fica-lhe bem), a locução admite a forma plural cores de laranja (ex.: era grande a diversidade de cores de laranja).

A explicação acima aplica-se também ao substantivo cor-de-rosa (hifenizado com ou sem a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990), que não admite flexão como adjectivo (ex.: fitas cor-de-rosa), mas flexiona como substantivo (ex.: o artigo existe em vários cores-de-rosa diferentes). No entanto, é de referir que os dicionários e vocabulários brasileiros consultados consagram a classificação de substantivo masculino de dois números para cor-de-rosa, o que quer dizer que no Brasil o substantivo é invariável (ex.: o artigo existe em vários cor-de-rosa diferentes). A mesma lógica poderá ser aplicada à locução cor de laranja no português do Brasil.




Na frase que se segue, como devem ser conjugados os verbos jogar e vibrar? Fiquei observando Vítor, Rose e Flávia jogar e vibrar com o jogo. E nesta outra frase, o verbo tivera foi empregado de maneira correta? Ana melhorou, mas tivera que ficar internada em repouso pois estava doente.
Na primeira frase apresentada, os verbos jogar e vibrar deveriam estar no infinitivo pessoal: Fiquei observando Vítor, Rose e Flávia jogarem e vibrarem com o jogo. Isto deverá acontecer devido ao facto de o sujeito da oração principal ([eu] Fiquei observando) ser diferente do sujeito da oração completiva infinitiva que tem como sujeito Vítor, Rose e Flávia. Dito de outra forma e com outro exemplo, o infinitivo pessoal (forma flexionada, ex.: jogarem ou correrem) carece de sujeito próprio diferente do da oração principal (por exemplo: A mãe pediu para eles não correrem no jardim.). Se o sujeito fosse o mesmo da oração principal a oração infinitiva deveria ter um infinitivo não flexionado (Eu convenci-me a [eu] jogar futebol.).

Na segunda frase apresentada, Ana melhorou, mas tivera que ficar internada em repouso pois estava doente, o verbo está correctamente empregue. Neste caso, trata-se de uma articulação entre três tempos do passado (ou pretérito): Ana melhorou, no pretérito perfeito, indicando uma acção ou alteração perfeitamente acabada (a Ana já melhorou, não está ainda a melhorar), tivera de ficar internada, no pretérito mais-que-perfeito, indicando uma acção ou alteração que é passada e é anterior a outra acção ou tempo passados (a Ana melhorou no passado, mas num passado anterior teve de ficar internada) e estava doente, pretérito imperfeito, indicando que a acção ou alteração se prolongou no tempo (no passado, a Ana esteve doente, antes e durante o tempo em que esteve internada).

pub

Palavra do dia

quan·tos·-que·res quan·tos·-que·res
(plural de quanto + forma de querer)
substantivo masculino de dois números

[Jogos]   [Jogos]  Folha de papel dobrada de modo a formar um objecto que se abre e fecha com a ajuda dos dedos e que se usa como brincadeira. (Equivalente no português do Brasil: come-come.)

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/v%C3%A3o [consultado em 16-01-2019]