PT
BR
Pesquisar
Definições



tonta

A forma tontapode ser [feminino singular de tontotonto] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
tontatonta
( ton·ta

ton·ta

)


nome feminino

1. Mulher tonta ou idiota.

2. [Popular] [Popular] Cabeça; bola; tola.

tontotonto
( ton·to

ton·to

)


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

1. Que ou quem tem dificuldades no raciocínio ou enfraquecimento das faculdades intelectuais. = PATETA, PARVO, TOLO

2. Que ou quem perdeu a razão ou apresenta distúrbios mentais. = DOIDO, MALUCO, TOLO


adjectivoadjetivo

3. Que sente tonturas ou vertigens. = ESTONTEADO, ZONZO

4. Que sente perturbação temporária dos sentidos ou da capacidade intelectual. = ATORDOADO, ATURDIDO, ESTONTEADO, ZONZO

5. Que não está em si, perdido da cabeça, atarantado.

6. Admirado, atónito.


às tontas

À toa, sem tino, sem atenção, desordenadamente.

etimologiaOrigem etimológica:origem duvidosa.

Auxiliares de tradução

Traduzir "tonta" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).



Porque diagnostica não tem acento?
As palavras diagnostica e diagnóstica são designadas por homógrafos imperfeitos, isto é, palavras cuja grafia se diferencia apenas pela acentuação gráfica, mas que têm pronúncia e significado diferente.
Sem acento gráfico, a palavra diagnostica corresponde a uma forma do verbo diagnosticar (ex.: ele diagnostica a doença de forma clara); como tal, segue a regra geral de acentuação das formas verbais na terceira pessoa do presente do indicativo (à semelhança outras formas verbais com amplifica, fica ou multiplica). Trata-se de uma palavra grave, sem qualquer contexto que justifique a sua acentuação gráfica.
Com acento gráfico, a palavra diagnóstica é esdrúxula e corresponde à forma feminina do adjectivo diagnóstico (ex.: avaliação diagnóstica, observação diagnóstica).