Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

termines

2ª pess. sing. pres. conj. de terminarterminar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ter·mi·nar ter·mi·nar

- ConjugarConjugar

(latim termino, -are, delimitar, limitar, separar, fixar, terminar)
verbo transitivo

1. Pôr termo a; não continuar. = FINDAR, REMATAR

2. Considerar que chegou ao fim ou que está pronto. = CONCLUIR

3. Ficar em determinado estado, condição ou posição.

4. Ter como resultado ou efeito (ex.: aquilo terminou em confusão). = RESULTAR

5. Colocar os limites em. = DELIMITAR, DEMARCAR

verbo intransitivo

6. Chegar ao fim; não ter continuação.

7. Ter fim.

verbo transitivo e intransitivo

8. Pôr fim a uma relação amorosa. = ROMPER

verbo auxiliar

9. Usa-se seguido das preposições de ou por e infinitivo, para indicar conclusão (ex.: terminei de ler, terminaram de falar; terminou por confessar).


SinónimoSinônimo Geral: ACABAR
AntónimoAntônimo Geral: COMEÇAR, INICIAR, PRINCIPIAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "termines" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Les cours sont terminés mais

Em oprofessortiraduvidas

Não sejas um porquê mas também não termines como a Hannah, ainda há esperança, há sempre esperança..

Em crazyblife.blogs.sapo.pt

vou dizer-te isto com todas as letras: quero muito que termines ..

Em www.asnovenomeublog.com

termines com a dos outros..

Em Monica #

Por isso, estou pronta para que termines ..

Em Fénix Renascida
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



Acho que se escreve boa fé e má fé e não boa-fé e má-fé, como sugere o dicionário. Estou certo?
A tradição lexicográfica portuguesa consagrou o uso do hífen em boa-fé e em má-fé e são estas grafias que aparecem registadas nas principais obras de referência da língua portuguesa contemporânea, nomeadamente em vocabulários, como o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Ed., 1966) ou o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Ed. Âncora, 2001), e em dicionários, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) ou o Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004).

O uso do hífen é problemático para os utilizadores da língua, pois obedece a regras pouco evidentes e algo contraditórias e é por vezes ditado por uma tradição lexicográfica que os falantes desconhecem. No caso específico de boa-fé, esta dificuldade torna-se evidente numa pesquisa em corpora ou em motores de busca da internet, podendo observar-se a ocorrência da palavra hifenizada a par da locução boa fé, inclusivamente em textos jurídicos. Estes casos, não estando previstos nas bases do Acordo Ortográfico que regulam o uso do hífen, regem-se geralmente pela tradição lexicográfica, motivo pelo qual é aconselhável optar pela grafia boa-fé, atestada na maioria das obras de referência, em detrimento da locução boa fé.

pub

Palavra do dia

lã·-de·-ca·me·lo |ê|lã·-de·-ca·me·lo |ê|lã de ca·me·lo |ê|


nome feminino

Tecido de lã com fio de seda. = GINGELINA, GINGERLINA

Plural: lãs-de-camelo.Plural: lãs-de-camelo.

• Grafia no Brasil: lã de camelo.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: lã de camelo.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: lã-de-camelo


• Grafia em Portugal: lã-de-camelo.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/termines [consultado em 16-01-2022]