Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

talhe-doce

talhe-docetalhe-doce | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ta·lhe·-do·ce ta·lhe·-do·ce


(francês taille-douce)
nome masculino

1. [Artes plásticas]   [Artes plásticas]  Processo de gravação em madeira ou metal, no qual se escava directamente o material com o buril; gravura de encavo.

2. [Artes plásticas]   [Artes plásticas]  Gravura feita com buril em cobre.

3. [Artes plásticas]   [Artes plásticas]  Prancha feita com essa técnica.

4. [Artes plásticas]   [Artes plásticas]  Impressão feita com essa prancha.


SinónimoSinônimo Geral: TALHO-DOCE

Plural: talhes-doces.Plural: talhes-doces.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

causara-lhe estranha emoção. Tinham acabado de aparelhar a rosácea do cruzilhão norte. Desarmado o andaime e o tapume envolvente, a admirável rosa de pedra reabria, inteiramente nova, no fino talhe românico, com o desabrochamento radial das nervuras emoldurando pétalas de luz. Maria Helena erguera os

Em Abencerragem

actuações ao vivo seja em gravações de estúdio. Como diz Janita Salomé, na canção que hoje aqui destacamos em tributo à memória do trovador maior da música popular portuguesa, «basta um sopro mágico, liberto, / para que a luz acorde a cantar». Uma pergunta, a talhe de foice: como se explica que José Afonso

Em A Nossa R

Hoje quero escrever não pelo talhe doce do recorte oblíquo da forma redonda e quase perfeita da palavra, tal como o poema me pede. mas pela irregularidade agreste da sua mais viva e gritante aresta. Escrever com verbos cortantes como lâminas forjadas na raiva destemperada, afiadas no silício mais

Em rumoaonossosul.blogs.sapo.pt

, não tinha carácter, ou género definido, ou, explicando melhor, ainda não possuía as características físicas que distinguem, actualmente, um macho de uma fêmea. No entanto, se não lhe chamasse Eva e não tivesse inventado o nome Celeste em cima do joelho, a história não tinha piada. Aliás - a talhe de

Em maledicentia.blogs.sapo.pt

inspiração a autores de nomeada, ligados ao romantismo clássico, como Saint-Nectaire, Camembert, La Gruyere, Saint-Emmental e tantos outros. E, a talhe de foice, uma referência especial à nossa querida Branca-flor Epitalâmio. Siga. Querida Marie Ana: Espero que te encontres de boa saúde, na companhia das

Em maledicentia.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Não sei como acrescentar palavras neste dicionário de vocês, por isso envio-lhes este email sobre malgrado: neste saite surge mal-grado; no Aurélio consta: malgrado, prep, Apesar de, não obstante.
Antes da entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990, a grafia mal-grado era a forma consagrada na lexicografia portuguesa, constituindo uma diferença relativamente à lexicografia brasileira. Com a aplicação do novo Acordo Ortográfico, essa diferença foi anulada, passando malgrado a ser a ortografia comum a ambas as normas do português.

Note-se que o registo da forma hifenizada nos dicionários portugueses decorria apenas de uma tradição lexicográfica e não do estipulado no Acordo Ortográfico de 1945, uma vez que este especifica que os compostos formados pelo prefixo mal- apenas se hifenizam quando o segundo elemento começa por vogal ou pela letra h.




Qual o plural para a expressão alerta ou em alerta? As orações Eles permanecem alertas e Eles permanecem em alerta estão corretas?
Nenhuma das expressões referidas pode ser considerada incorrecta.

A palavra alerta pode ser usada como advérbio, como adjectivo, como substantivo ou como interjeição.

Como advérbio mantém-se sempre invariável (ex.: ela permanece alerta; eles permanecem alerta).

Como adjectivo é uniforme, flexiona em número e concorda com o nome que qualifica (ex.: as pessoas permanecem alertas; a presa alerta conseguiu escapar do leão).

Como interjeição, pode ser usada, de forma invariável, para avisar ou solicitar atenção ou cuidado (ex.: alerta, camaradas!).

A palavra alerta pode ainda ser usada como substantivo masculino, admitindo apenas flexão em número (ex.: o guarda deu o alerta quando um dos prisioneiros se pôs em fuga; não prestaram atenção aos alertas dados pelo guarda).

A locução adverbial em alerta está correcta (neste caso, alerta assume a classificação de substantivo) e também se mantém invariável em qualquer dos contextos usados (ex.: ele permanece em alerta; eles permanecem em alerta).

pub

Palavra do dia

ai·rão ai·rão


(francês antigo hairon, hoje francês héron, garça-real)
nome masculino

1. [Ornitologia]   [Ornitologia]  Designação comum a diversas espécies de aves de pequeno porte da família dos apodídeos, de plumagem preta ou acastanhada, pés e dedos muito curtos e asas longas e estreitas. = AIÃO, ANDORINHÃO, GAIVÃO

2. [Antigo]   [Antigo]  Penacho com penas de garça.

3. Antigo enfeite do toucado feminil.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/talhe-doce [consultado em 03-10-2022]