Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
sinistrosinistro | adj. | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de sinistrarsinistrar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

si·nis·tro si·nis·tro
(latim sinister, -tra, -trum, esquerdo, de bom/mau presságio, mau, funesto)
adjectivo
adjetivo

1. Que tem maior habilidade com o lado esquerdo do corpo, em especial com a mão, do que com o lado direito. = CANHOTO, ESQUERDINODESTRO

2. Que tem mau aspecto.

3. Que ameaça desgraças.

4. Que indica pavor.

5. Funesto; desgraçado.

substantivo masculino

6. Acontecimento muito negativo ou que provoca muitos danos. = ACIDENTE, DESASTRE

7. Avaria ou prejuízo grande. = DANO

8. Prejuízo sofrido num bem que está no seguro.


si·nis·trar si·nis·trar - ConjugarConjugar
verbo intransitivo

Sofrer sinistro (um objecto segurado).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "sinistro" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


O correto é escrever " Viemos " ou "Vimos" através desta...?
O verbo vir é muito usado na correspondência formal ou institucional para introduzir o assunto, em expressões como "venho por este meio requerer..." ou "venho através desta solicitar...", ou "vimos por este meio requerer..." ou "vimos através desta solicitar...", com um remetente colectivo (por exemplo, um grupo de cidadãos) ou com o uso do plural majestático ou de modéstia. Habitualmente, como se trata de correspondência no presente, é utilizado o presente do indicativo (ex.: vimos) e não o pretérito perfeito (ex.: viemos), a não ser que esteja a ser relatado um facto passado (ex.: no mês passado, viemos solicitar...).



Na escrita de uma carta, é comum o uso da expressão "Olá João,", seja qual for o nome. A questão que coloco é: não deveria "Olá" estar separado de "João "por uma vírgula? Do ponto de vista gramatical, João não funciona como um vocativo? Há outras expressões como "Querido João, " que as pessoas usam para justificar a primeira, mas a relação de Querido e Olá para com o substantivo é diferente e justifica a meu ver uma diferença no uso da vírgula. Podiam esclarecer não somente com a frequência do uso das expressões, mas com uma interpretação da função do símbolo "," como identificador de uma transição pré e pós vírgula?
Na expressão "olá, João", o nome João corresponde de facto ao vocativo, pois introduz uma interpelação ou chamamento, e deve estar separado da interjeição olá por uma vírgula.

Na interpelação querido João, não estamos perante uma expressão com a mesma estrutura, uma vez que querido é adjectivo que qualifica o nome próprio do qual não deverá ser separado por vírgula. Este adjectivo fará também parte do vocativo se for usado com uma interjeição como olá (ex.: olá, querido João).

pub

Palavra do dia

pa·ne·lo pa·ne·lo
(alteração de panela)
substantivo masculino

1. Tacho de barro. = PÚCARO

2. [Portugal: Madeira]   [Portugal: Madeira]   [Culinária]   [Culinária]  Designação dada a um cozido tradicional do Seixal, na Madeira, feito com carne, enchidos e legumes.

3. Ruído de respiração dificultada por mucosidade nos brônquios ou na laringe. = CASCALHEIRA, PIEIRA

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/sinistro [consultado em 26-01-2020]