Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
sibilasibila | s. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de sibilarsibilar
2ª pess. sing. imp. de sibilarsibilar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

si·bi·la si·bi·la
(latim Sibylla, -ae, nome de várias profetisas)
nome feminino

1. [História]   [História]  Mulher a quem os antigos atribuíam o dom da profecia e o conhecimento do futuro.

2. Mulher que faz profecias. = BRUXA, PROFETISA

3. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Mulher malvada, cruel. = BRUXA, MEGERA


si·bi·lar si·bi·lar - ConjugarConjugar
(latim sibilo, -are, assobiar)
verbo intransitivo

1. Soprar produzindo um silvo agudo e prolongado. = ASSOBIAR, SILVAR

2. Soar como um assobio. = ASSOBIAR, SILVAR

verbo transitivo e intransitivo

3. Acentuar consoantes sibilantes ao falar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "sibila" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




Gostaria de tirar uma dúvida relacionada com a frase que segue: em vez de ir ao cinema, deveria ir ao parque. É correto usar em vez de ou esse termo deveria ser substituído por ao invés de? Pergunto isso porque uma amiga formada em Letras com licenciatura em língua portuguesa afirmou que em vez de está errado, no entanto vejo essa expressão em livros e revistas.
Na frase que refere, a expressão em vez de, que significa “em lugar ou substituição de”, foi correctamente utilizada, indicando uma substituição ou alternativa. A locução ao invés de significa “ao contrário de” (ex.: ao invés do amigo, ela gostava de estudar), pois o vocábulo invés tem o sentido “contrário, avesso, lado oposto”. Sendo assim, ao invés de só pode substituir em vez de nos contextos em que se estabelece uma oposição clara entre dois elementos (ex.: em vez de/ao invés de abrandar, o carro acelerou).
pub

Palavra do dia

de·sa·mão de·sa·mão
(des- + à + mão)
nome feminino

1. Usado na locução adverbial à desamão.


à desamão
Fora de caminho; fora de jeito; fora de mão.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/sibila [consultado em 30-05-2020]