PT
BR
Pesquisar
Definições



servir a carapuça

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
carapuçacarapuça
( ca·ra·pu·ça

ca·ra·pu·ça

)


nome feminino

1. Cobertura para a cabeça, geralmente de forma cónica, de lã ou pano. = BARRETE, CARAPUÇO

2. [Por extensão] [Por extensão] Objecto que tem a forma de carapuça.

3. [Figurado] [Figurado] Alusão crítica.


enfiar a carapuça

Sentir-se atingido por comentário ou crítica não personalizados. = ENFIAR O BARRETE, PÔR A CARAPUÇA, SERVIR A CARAPUÇA

Enganar alguém. = ENFIAR O BARRETE

qual carapuça!

Exclamação que exprime dúvida, incredulidade ou recusa (ex.: qual pressão, qual carapuça!).

pôr a carapuça

O mesmo que enfiar a carapuça.

servir a carapuça

O mesmo que enfiar a carapuça.

etimologiaOrigem etimológica:espanhol caperuza.

Auxiliares de tradução

Traduzir "servir a carapuça" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



USO CAPEÃO: é uma figura que se utiliza em direito, em que a pessoa solicita a propriedade de um terreno ou objecto que está na sua posse há bastante tempo mas não tem documento que prove essa posse. A palavra capeão ( ou capião ??) tem o sentido de posse.
À figura jurídica a que se refere dá-se o nome de usucapião (derivado do latim usucapionem), como poderá verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.



Gostaria que me esclarecessem a seguinte dúvida: na palavra quatro existe trema?
O Acordo Ortográfico de 1990 suprimiu o trema em palavras portuguesas ou aportuguesadas, conservando-se apenas em palavras derivadas de nomes próprios estrangeiros.

O uso do trema no português do Brasil estava regulamentado pelo Formulário Ortográfico de 1943, que era o texto em vigor para a ortografia brasileira. Neste texto explicita-se que “Emprega-se o trema no u que se pronuncia depois de g ou q e seguido de e ou i: agüentar, argüição, eloqüente, tranqüilo, etc.”. Por este motivo, nunca se poderia empregar correctamente o trema antes de outra vogal como a ou o, mesmo porque nestes casos (ex.: quatro, quociente), o u é sempre lido e não havia necessidade de distinguir a pronúncia com um sinal diacrítico.

Poderá esclarecer esta e outras dúvidas ortográficas utilizando o corrector ortográfico para o português do Brasil que poderá testar em FLiP On-line, seleccionando a opção correspondente à bandeira brasileira.