PT
BR
Pesquisar
Definições



serra

A forma serrapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de serrarserrar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de serrarserrar], [nome feminino] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
serraserra
|é| |é|
( ser·ra

ser·ra

)
Imagem

FiguradoFigurado

Porção de coisas amontoadas até grande altura (ex.: serra de sal).


nome feminino

1. Instrumento cortante, de lâmina dentada, geralmente de aço.

2. Instrumento dotado de lâmina não dentada, usado para serrar pedra.

3. Lâmina de qualquer desses instrumentos.

4. Série de montes ou montanhas com cumes de nível variado.

5. Elevação de terreno.

6. [Figurado] [Figurado] Porção de coisas amontoadas até grande altura (ex.: serra de sal).Imagem = MONTE

7. [Ictiologia] [Ictiologia] Peixe pelágico (Auxis rochei) da família dos escombrídeos, de corpo alongado, coloração azulada com bandas escuras no dorso e ventre prateado. = JUDEU

8. [Brasil] [Brasil] Matagal estreito que acompanha as duas margens dos rios.


nome masculino

9. Queijo artesanal de leite de ovelha da Serra da Estrela, de formato redondo, pasta amanteigada, pouco salgada, bem ligada e sem olhos.


ir à serra

Ficar zangado ou amuado.

serra braçal

Tipo de serra que é manipulada por duas pessoas.Imagem

serra de recortes

Tipo de serra usada para serrar formas curvas e desenhos irregulares.

serra de vaivém

O mesmo que serra de recortes.

serra tico-tico

O mesmo que serra de recortes.

etimologiaOrigem etimológica:latim serra, -ae, instrumento para serrar.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:cordilheira, serrania, serraria.
serrarserrar
( ser·rar

ser·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fender ou cortar com serra ou serrote.


verbo intransitivo

2. Trabalhar com serra.

etimologiaOrigem etimológica:latim serro, -are.
Confrontar: cerrar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "serra" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Ao utilizar o vosso dicionário, obtive o seguinte resultado para a palavra amoníaco: do Lat. ammoniacu < Gr. ammoniakón s. m., gás incolor, de cheiro intenso, sabor acre e com efeitos lacrimogéneos; gás composto de azoto e hidrogénio, que se encontra na urina e nas matérias em decomposição. A partir de lacrimogéneos obtive: masc. plu. de lacrimogéneo, do Lat. lacrima + Gr. gen, r. de gígnomai, gerar. No entanto a palavra lacrimogéneo não aparece no vosso dicionário, mas sim lacrimogénio (com i em vez de e): adj., que provoca ou produz lágrimas; que faz chorar. Assim, gostaria de saber se existem as duas formas ou se uma se encontra errada.
Como muito bem observou, a informação disponibilizada não é coerente. De facto, não se pode dizer que a forma lacrimogénio seja errada, mas, sendo possível, é uma variante de lacrimogéneo, menos usada e praticamente não registada em dicionários e vocabulários de língua portuguesa.

O DPLP deveria ter registado a entrada lacrimogéneo (e lacrimogénio, a ser registado, deveria remeter para lacrimogéneo, sendo esta última a forma preferencial).




Cronopata é erro? Pela sua etimologia, creio que estaria correctamente no dicionário... Mas não consta... Neologismo? Porque ainda não adoptado oficialmente?
As palavras cronopatia e cronopata, apesar de não se encontrarem registadas em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados, estão correctamente formadas (com os elementos de formação crono-, derivado do grego khrónos, que significa “tempo”, e -patia e -pata, derivados do grego páthe, que significa “doença” ou “dor”). Na medicina, a cronopatia pode designar o conjunto de patologias que estão relacionadas com desvios, atrasos ou avanços no crescimento; pode também referir-se à incapacidade para gerir o tempo ou para cumprir horários. Cronopata será a pessoa que sofre de alguma destas patologias.