Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

seda-vegetal

seda-vegetalseda-vegetal | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

seda-vegetal seda-vegetal


nome

(A definição desta palavra estará disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

diferentes tonalidades de castanha. A arte de trabalhar a casca da castanha prende-se na memória de outros tempos, no linho, na seda ou na flanela, e a enquadrar fotos de família, como forma escolhida de presentear aqueles por quem se tinha um carinho muito especial. Como forma de preservar e valorizar estes

Em Notícias de Castelo de Vide

sopa de sementes de chia OU de linhaça + 3 colheres de sopa de água 3 colheres de sopa de óleo vegetal OU azeite + 1 colher de sopa de água 60 g de tofu de seda triturado 2 a 3 colheres de sopa de maionese (só para bolos) Natas azedas Por cada 240 ml de natas azedas, pode usar: A mesma quantidade de

Em www.casalmisterio.com

vida em prosa de licor em taças igvaladas sendo maior e ora a menor e no cimo desse pico qve atlas em si translvz domr menina na cela qve des+erta a barca a vela ve sendo tvrgida está nvma doirada simples seda cetim alvorada tão peqvena entre o rio na ilha plantada qve as dvas gemeas sol e lva por

Em Tears of Heaven

romântico, com canteiros relvados, e lagos para peixes, patos diversos, galinhas, pavões e pombos, emprestando ao JARDIM a mobilidade que a vida vegetal não tem". Actualmente encontra-se equipado com casa de apoio aos jardineiros, bancos, mesas, bebedouros, um restaurante, parque infantil e campo desportivo

Em RUAS DE LISBOA COM ALGUMA HISTÓRIA

florais e de fruta vermelha e do bosque, envolvidos por sugestivas notas de especiarias, barrica e ainda uma leve sensação balsâmica e até vegetal , na boca é um vinho muito encorpado, volumoso e com taninos finos, destacando-se a sua envolvência e complexidade, no paladar dominam as notas de tosta

Em Os VINHOS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se está correcta a repetição da preposição pelo na formulação a seguir: No quadro do seu périplo pelo Ruanda, pelo Burundi, pela RD Congo e pela Tanzânia, o fulano vai encontrar-se com o sicrano.
Não há nenhuma incorrecção na repetição da contracção pelo/pela na frase que refere. Pelo contrário, alguns gramáticos recomendam inclusivamente que, numa enumeração de substantivos, se for utilizado o artigo definido antes do primeiro, devem ser utilizados artigos definidos antes dos restantes substantivos (cf. CUNHA e CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: João Sá da Costa, 14ª ed., 1998, p.235). Isto aplica-se nesta frase, pois pelo/pela são contracções da preposição por com os artigos definidos o/a.



No trecho que se segue estarão correctas a conjugação do infinitivo reforçarem e a repetição do artigo em os restaurantes, as discotecas...? "O comissário quer obter resultados positivos", indicou uma fonte policial anunciando que, durante as festas de fim de ano, serão desdobrados no terreno novos agentes para reforçarem a presença das forças de segurança nos lugares públicos mais frequentados tais como os restaurantes, as discotecas, os bancos comerciais, as zonas industriais e as estações de serviço.
Em geral, toma-se como referência que, numa oração infinitiva, o infinitivo pessoal carece de um sujeito diferente do da oração subordinante de que depende. Na frase em causa ("O comissário quer obter resultados positivos", indicou uma fonte policial anunciando que [...] serão desdobrados no terreno novos agentes para reforçarem a presença das forças de segurança nos lugares públicos mais frequentados [...]), a oração subordinada infinitiva que está sublinhada depende da oração que está a negro. O sujeito da oração subordinada infinitiva (para [novos agentes] reforçarem a presença das forças de segurança nos lugares públicos [...]) é o mesmo da oração subordinante ([novos agentes] serão desdobrados no terreno), pelo que seria preferível o infinitivo impessoal (reforçar) em vez do infinitivo pessoal (reforçarem).
Para mais esclarecimentos, poderá ainda consultar, entre outras obras, a Gramática da Língua Portuguesa, de Maria Helena Mira MATEUS, Ana Maria BRITO, Inês DUARTE, Isabel Hub FARIA et al., 5ª ed., Editorial Caminho, Lisboa, 2003, pp. 439-442, 715-718 e 725.

Relativamente à repetição do artigo antes do substantivo, os gramáticos (por exemplo, CUNHA e CINTRA, na Nova Gramática do Português Contemporâneo, João Sá da Costa, 14ª ed., 1998, p. 235), preconizam que, se numa enumeração de substantivos for utilizado o artigo definido antes do primeiro, devem ser utilizados artigos definidos antes dos restantes substantivos, como na frase em apreço ([...] tais como os restaurantes, as discotecas, os bancos comerciais, as zonas industriais e as estações de serviço). Como alternativa, poderá optar-se pela omissão do artigo (ex.: tais como restaurantes, discotecas, bancos comerciais, zonas industriais e estações de serviço), quase sem diferença semântica.

pub

Palavra do dia

me·lo·fi·li·a me·lo·fi·li·a


(melo- + -filia)
nome feminino

Gosto pela música. = MELOMANIA, MUSICOFILIA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/seda-vegetal [consultado em 01-10-2022]